24 comidas brasileiras que você precisa comer – no Rio de Janeiro

0

O hilário e nada convencional site BuzzFeed listou esta semana “As 24 tradicionais comidas brasileiras que você precisa comer agora mesmo” (link: http://www.buzzfeed.com/gabrielakruschewsky/traditional-brazilian-foods-you-need-to-eat-right-now). Listas existem aos montes por aí, mas o legal dessa é ir além do básico (feijoada, açaí, brigadeiro) e apresentar delícias menos conhecidas e/ou lembradas mundo afora, como nosso bolinho de chuva, a coxinha, um simples misto quente, o requeijão de todos os dias, e por aí vai. Resolvi embarcar nessa ideia e sugerir lugares onde experimentar uma saborosa versão destas 24 opções no Rio de Janeiro. Pensou logo em biscoito globo, né? Que nada. Nossas delícias vão bem além disso.

Foto: apenas um olho de vidro..
Foto: apenas um olho de vidro..

1- Coxinha: Confeitaria Colombo
Para uma coxinha bem classuda, vá de recheio de camarão VG. É demais! Para se sentir um rei em meio a toda aquela decoração art noveau.
http://www.confeitariacolombo.com.br/site/

2- Brigadeiro: Colher de Pau
O cheiro de chocolate invade a rua do Leblon onde a loja está localizada. Deixe-se levar pelo aroma!
Não possui site próprio. Endereço: Rua Rita Ludolf, 90 – Leblon. Telefone: 2274-8295

3- Pão de queijo: Venda Mineira
A dona é de Carangola, Minas Gerais. Não precisaria dizer mais nada, né? Pois digo sim: a fornada sai em pequenas levas, não leva gluten e pode ser recheada. Fica ali ao ladinho do metrô de Botafogo. Ah, dizem que o pão de queijo da Casa Carandaí, no Jardim Botânico, também é de comer de joelhos…
https://www.facebook.com/vendamineira
http://casacarandai.com.br/

4- Farofa: Braseiro da Gávea
A farofa de ovos é um dos destaques da Picanha Completa, que vem ainda com arroz branco e batatas fritas. Vá com paciência, pois o lugar vive cheio. Um chopp bem gelado ameniza a espera 🙂
http://www.braseirodagavea.com.br/

5- Feijão tropeiro: Joaquina Bar e Restaurante
Acho esse o mais completo restaurante do Rio. Nunca me decepcionei em nenhum pedido – e olha que sou frequentadora assídua! Aqui o feijão tropeiro aparece como uma das muitas opções de acompanhamento para os grelhados (filé de frango, tournedor de medalhão de mignon, chorizo, ancho, camarão V.M. no azeite de ervas, anéis de lula, truta em crosta de gouda, salmão em crosta de gergelim e por aí vai).  Filiais na Cobal do Humaitá e no Leme.
http://www.joaquinabar.com.br/home/home.php

6- Açaí: Bibi Sucos
Não tem erro. Pode ir com morango, banana, granola, leite ninho.. Ao gosto do freguês!
http://www.bibisucos.com.br/

7- Pastéis: Boteco Belmonte
Para mim, os pastéis de lá são imbatíveis! O de camarão é de se fartar, de tão recheado. Enquanto você toma um chopp sentadinho na sua mesa, garçons desfilam com bandejas recheadas de pastéis. Ainda assim, costumo recorrer ao cardápio para experimentar sabores diferentes (são muitos!), além deles virem mais quentinhos. Outra dica para um bom pastel é o Bar do Adão. Toda segunda-feira é dia de Pastel sem Lei – pede um, ganha outro. Cerca de oito sabores são selecionados para a promoção – o francês (catupiry, alho poró e camarão) é demais!. Para um docinho, vá de recheio de sonho de valsa.
http://www.botecobelmonte.com.br/
http://www.bardoadao.com.br/

8- Mousse de Maracujá: Sucolé do Claudinho
Adoro versões inesperadas de comidas tão batidas no dia-a-dia. E o sucolé de mousse de maracujá do Claudinho, vendido nas praias de Ipanema e Leblon, é sensacional!
http://www.sucoledoclaudinho.com.br/claudinho.php

9- Feijoada: Bar do Mineiro
Localizado em Santa Teresa, o difícil é conseguir uma mesa para experimentar o prato que é o carro chefe da casa… Se estiver muito difícil, vá de pastel de feijoada em pé mesmo na calçada. O costume ali é esse, a rua fica lotada nos fins-de-semana. Outra dica: a feijoada do Veloso, no Leblon, também é bastante famosa!
http://bardomineiro.net/
http://www.barveloso.com.br/

10- Bolinho de chuva: Café 18 do Forte
As pessoas dão mais atenção ao café da manhã da Confeitaria Colombo, mas a verdade é que o Forte de Copacabana esconde também outra preciosidade: o Café 18 do Forte. E é ali que você encontra os bolinhos de chuva no café da manhã, servidos de forma bem divertida.
http://cafe18doforte.com/

11- Moqueca de camarão: Nomangue
Realmente deliciosa! A casa tem filiais em Copacabana e na Barra da Tijuca. A farofinha com dendê que acompanha o prato é demais.
http://www.nomangue.com.br/

12- Beijinho de côco: Paradis
Misture França e Brasil e vá de macaron de beijinho de côco nesta pâtisserie localizada em Copacabana.
http://www.paradis.com.br/

13- Vatapá: Espírito Santa
Mais um endereço de Santa Teresa marcando espaço por aqui. Mas a dica aqui é uma versão despretensiosa dessa especialidade: vá de trouxinhas de vatapá.
http://espiritosanta.com.br/

14- Bauru: Big Bi Sucos
Esta é uma lanchonete popular entre os cariocas, bem concorrida no pós-praia.
Não possui site próprio. Filiais espalhadas pela Zona Sul e Centro. Em Copacabana, tem uma na Rua Barata Ribeiro, 391. Telefone: 2236-2997.

15- Creme de papaya: Terzetto Café
Com unidades em Ipanema e Barra, o creme de papaya do Terzetto Café vem acompanhado de licor de cassis.
http://www.terzettocafe.com.br/

16- Acarajé: feiras de rua
De origem baiana, os melhores acarajés do Rio são encontrados nas feiras de rua. Veja a programação das feirinhas aqui: http://www.rio.rj.gov.br/documents/91293/d9f2b617-13d2-4c16-8f3f-9f011d71ef09 . Opção 2: Toca do Siri (ver dica número 20)

17- Romeu e Julieta: Joaquina Bar e Restaurante
Olha o nome da sobremesa de lá: goiabada com catupiry gratinado. Impossível ser ruim! Eu avisei… Tudo nesse restaurante é maravilhoso.
http://www.joaquinabar.com.br/home/home.php

18- Misto quente: Big Nectar
Pedido mais popular nas lanchonetes do Rio que o combo misto quente + suco de laranja é difícil, viu? Portanto, escolho a lanchonete Big Nectar para representar esta unanimidade. Sempre com bons sanduíches, vive cheia.
Não tem site próprio. A filial de Copacabana é a mais famosa. Endereço: Rua Nossa Senhora de Copacabana, 985. Telefone: 2522-1354

19- Requeijão: Oro
A carne seca acompanhada de requeijão caseiro e manteiga de garrafa congelada em hidrogênio é uma opção pomposa para experimentar a iguaria brasileira.
http://www.ororestaurante.com/

20- Mandioca frita: Toca do Siri
Sob o codinome “chips de macaxeira”, ela acompanha a carne de sol grelhada com pirão de leite.
Não possui site próprio. Gosto da filial do Leblon. Endereço: Rua Ataulfo de Paiva, 1.240. Telefone: 3518-3773.

21- Salpicão: Balada Mix
O restaurante badaladinho tem ainda infinitas opções se suco para acompanhar os pratos. Sugiro o de uva com cacau. Yummy!!!!
http://baladamixrestaurante.com.br/

22- Pavê: Bar Urca
Após a cervejinha acompanhada de pastéis, sentado na mureta da Urca, um pavê de bombom com direito a uma das vistas mais lindas do Rio cai bem, né? Ah! Opção mais refrescante é o sorvete de pavê do Mil Frutas.
http://www.barurca.com.br/
http://www.milfrutas.com.br/

23- Empadão: Casa da Empada
A rede, além das pequenininhas, serve também empadões para refeição. O de camarão é uma delícia!
http://www.casadaempada.com.br/

24-  Quindim: Torta & cia
Esse paraíso dos doces apresenta o quindim adamascado. Imaginou?
http://www.tortaecia.com.br/

De acordo com a matéria do BuzzFeed, “You haven´t lived until you try all of these!“. Mas, na real, eu acrescentaria as famosas tapiocas, nosso escondidinho, o pudim, o bolo de rolo, o bolo de cenoura, alguns peixes, como o tucupi…  rs Não é?!
Tem dicas também? Compartilha aqui nos comentários!

Veja aqui as opções de hotel no Rio de Janeiro. Pesquise por preço, localização, avaliação ou número de estrelas e encontre os melhores preços.

Atenção, leitor: ao fazer sua reserva a partir deste link indicado, o Fui, Gostei, Contei receberá uma pequena comissão sem você pagar nenhuma taxa a mais por isso. O Booking.com é um dos parceiros do
Blog e líder mundial em reservas de acomodações. Obrigada pela preferência! 🙂

Carla Boechat é jornalista, mestranda, curiosa que só, carioca da clara, inquieta e turista por vocação - e criação. Sempre com a mochila e um sorriso prontos, aposta que toda estrada pode esconder uma dica em potencial. E aqui é assim: se ela foi e gostou, virou post!

Leave A Reply