Melhor época para visitar o Salar de Uyuni

0

Certamente você já ouviu do Salar de Uyuni — afinal, esse deserto de sal está presente em todas as listas e matérias sobre as maiores belezas do nosso continente , mas será que você sabe qual paisagem te aguarda em determinada época do ano? Como muitos destinos de natureza, o salar é profundamente influenciado pelas condições climáticas: embora seja possível visitar o local durante o ano inteiro, o cenário que você encontra no mês de fevereiro, por exemplo, é completamente distinto do que você veria em agosto.

É difícil determinar a melhor época para visitar o Salar de Uyuni, considerando que cada período tem suas próprias características, com aspectos positivos e negativos. Entender quais são as condições e as particularidades da região em cada estação do ano é fundamental para definir a experiência que você busca e, assim, poder planejar a viagem ideal.

Quer um orçamento personalizado para conhecer o Salar de Uyuni e o Deserto do Atacama? Clique aqui e preencha um formulário super rápido para já receber uma sugestão de roteiro personalizado ou nos envie um email no contato@fuigosteitrips.com.br

Onde fica o Salar de Uyuni?

Em primeiro lugar, é necessário colocar um pino no mapa e esclarecer a localização do Salar de Uyuni. Como a maioria dos turistas visita esse atrativo a partir do povoado de San Pedro de Atacama, algumas pessoas acreditam erroneamente que o salar está no próprio Atacama ou dentro do território chileno.

Na verdade, o salar está próximo à região fronteiriça com esse país, mas no sudoeste da Bolívia, a 30km da cidadezinha de Uyuni. Toda essa área — e também o norte da Argentina e o sul do Peru — corresponde ao altiplano andino, um planalto elevado no meio da zona central da Cordilheira dos Andes, onde a altitude média é de 3.000 metros.

No altiplano as paisagens beiram o surrealismo: lagoas multicoloridas, gêiseres em plena atividade, montanhas, vulcões, curiosas formações rochosas esculpidas pelo vento e cenários que mais parecem verdadeiros oásis no deserto.

As estações no Salar de Uyuni

De maneira geral, existem apenas duas estações no Salar de Uyuni, relacionadas à frequência das chuvas. A época seca se estende ao longo de mais ou menos 8 meses, a maior parte do ano, entre abril e novembro. Durante esse período, você vai encontrar uma planície de sal interminável. É uma experiência bastante inusitada percorrer quilômetros e quilômetros, por horas, e ainda se ver rodeado daquela imensidão branca.

Essa é a época mais garantida para conseguir chegar em todos os atrativos do salar e também para fazer aquelas fotos divertidas com a perspectiva forçada, criando cenas criativas e aparentemente impossíveis.

Os meses mais quentes do ano trazem as precipitações de verão e inauguram a época chuvosa. As chuvas acontecem de janeiro a março, mas muitas vezes as tempestades na Bolívia começam já em dezembro. Dependendo da pluviosidade, março pode já não chover tanto.

Durante essa época, uma fina camada de água sobre a superfície transforma o deserto de sal em um gigantesco espelho. A beleza do fenômeno é indescritível: o salar espelhado reflete o céu, as nuvens e até as estrelas à noite. Muitas vezes, sequer podemos avistar no horizonte onde termina o céu e onde começa a terra.

O visual é fantástico, mas visitar a região nesses meses do ano significa sacrificar algumas paradas tradicionais do tour pelo Salar de Uyuni. Devido à quantidade de água, algumas partes do salar simplesmente não podem ser alcançadas de carro. Por exemplo, a Isla Incahuasi, icônica por gigantescos cactos milenares, fica completamente isolada. O acesso para as hospedagens de sal também é limitado.

O clima no Salar de Uyuni

Além das chuvas, outro fator importante a considerar ao planejar sua viagem para o Salar de Uyuni são as condições climáticas ao longo do ano. Assim como no Deserto do Atacama, a amplitude térmica nesta região é muito grande: se de dia a temperatura pode chegar aos 20ºC, à noite ela pode despencar para perto de zero, mesmo no verão!

Devido ao clima desértico e à altitude elevada, muitas vezes acima dos 4.000 metros, as temperaturas à noite, de madrugada e nas primeiras horas da manhã são sempre baixas. Desse modo, mais do que um valor médio, é importante considerar os dois extremos na escala de temperaturas.

• Dezembro, janeiro, fevereiro e março: meses mais quentes do ano, com temperaturas máximas de 22º C e mínimas de 4º C; janeiro é o mês de chuvas mais intensas

• Abril, maio: estação intermediária, com temperaturas máximas de 18º C e mínimas de 1º C

• Junho, julho e agosto: meses mais frios do ano, com temperaturas máximas de 12º C e mínimas de até -10ºC; além disso, são comuns ventos fortes, que diminuem ainda mais a sensação térmica

• Setembro, outubro, novembro: estação intermediária, com temperaturas máximas de 20ºC e mínimas de 0º C

Independente da época da sua viagem, é importante levar roupas para o frio e outros itens básicos para encarar as adversidades climáticas da região. Na dúvida, confira o nosso guia sobre o que levar para o Salar de Uyuni.

Então, qual a melhor época para visitar o Salar de Uyuni?

Como você pode ver, é possível visitar o Salar de Uyuni ao longo de todo o ano, dependendo apenas da sua tolerância ao frio. Para ver o salar seco sem sofrer com temperaturas negativas, priorize os meses de estação intermediária. Agora, se você deseja ver o salar espelhado, garanta a passagem para os meses de janeiro a março.

Quer mais dicas? Veja esses artigos:

O que levar para o Salar de Uyuni

10 motivos para conhecer o Deserto do Atacama

Qual a melhor época para visitar o Deserto do Atacama?

Como chegar no Deserto do Atacama

Um dia eu ignorei todas as críticas e saí para conhecer o mundo. Desde então já acumulei mais de 45 países visitados, juntei as mochilas com um cara foda e abri uma agência de experiências que já recebeu mais de 1.500 brasileiros no Chile. E a aventura mal começou.

Leave A Reply