Melhor pôr do sol de Madrid: Templo de Debod

4

Esse é um lugar que fiquei encantada em Madrid! Tanto é que fui duas vezes: um dia de manhã para fotografar com a luz do dia, e depois no fim da tarde, para conhecer o famoso e concorrido pôr do sol no Templo de Debod. Eu sou louca por pôr do sol! Antes de uma viagem essa é uma pesquisa que faço sempre: onde é o melhor por do sol da cidade. E claro que em Madrid não foi diferente. Corri, de verdade, pelas estações de metrô e pelas ruas para não perder o fim do dia no Templo de Debod. Parecia uma doida que ia perder o voo, mal chegando lá e já tirando a câmera da bolsa para não perder nem um segundinho sequer. E, depois dessa loucura, viajei naqueles tons infinitos de laranja, rosa, vermelho, amarelo. Relaxei. Deitei na grama com a galera e esqueci da hora.

templo debod madrid

templo debod madrid-13

templo debod madrid-3

O Templo de Debod é um pedacinho de Egito na Espanha. Ele foi construído originalmente no sul do Egito, no século 2 antes de Cristo, para prestar homenagem aos deuses Isis e Amon, e foi um presente que a Espanha recebeu do Egito Antigo, por ter ajudado na recuperação de outro templo egípcio, o Abu Simbel, atendendo a um chamado da Unesco para salvar monumentos arqueológicos da região.

templo debod madrid-12

templo debod madrid-14

templo debod madrid-15

E por isso desde 1972 o Templo de Debod está ali em Madrid, transportado desde o Egito, no alto de uma colina e com uma vista lindíssima da cidade espanhola! Sua reconstrução levou dois anos. E o lago que fica ao redor do templo teve o objetivo de se parecer com o Rio Nilo. As fotos ali ficam incríveis!

O interior do Templo de Debod não é grande, mas tem algumas partes muito bem preservadas, como paredes decoradas com cenas que representam um rei adorando a deuses e oferecendo sacrifícios. A entrada é gratuita e não toma mais que 15 minutinhos. Vale muito a pena, mas, para mim, o show de verdade está do lado de fora, quando o sol começa a se despedir para abrir espaço para a agitada noite madrileña.

templo debod madrid-10

Ficar por ali curtindo é uma delícia, as pessoas ficam pelos gramados tocando violão, fazendo slackline, piquenique, namorando, batendo papo. Depois que o sol se pôs, eu deitei ali na grama e fiquei só curtindo o tempo passar, descansando as pernas depois de ter andando um dia inteirinho por Segóvia, cidade que fica a uma horinha de trem de Madrid. Corri feito doida pra chegar lá. Depois torci pra hora não passar mais e não ter que ir embora…

templo debod madrid-6

templo debod madrid-7

Carla Boechat é jornalista, mestranda, curiosa que só, carioca da clara, inquieta e turista por vocação – e criação. Sempre com a mochila e um sorriso prontos, aposta que toda estrada pode esconder uma dica em potencial. E aqui é assim: se ela foi e gostou, virou post!

Discussion4 Comentários

  1. Olá Carla,
    Que bacana esse blog… já anotei várias coisas. Olha só.. estou querendo uma indicação de lugar para dançar em Madri. Boate, danceteria, discoteca com dj… não sei como chamam lá! Vou com marido em dezembro e estamos montando roteiro. Desde já, gracias!

    • Eii Caroline! Putz, não fui para nenhuma noitada, acredita! Mas sei que a noite lá é boa!
      Conheci muitos barzinhos animados, que são esses que eu conto aqui no blog.
      Aproveitem a viagem de vocês, Madri é uma delíciaaaaa!
      Beijão

Leave A Reply