Cheguei num atípico dia de sol em Curitiba para me hospedar no hotel Slaviero Conceptual Full Jazz. Fui recepcionada por um funcionário chileno, super simpático, e ali trocamos algumas palavras sobre quando morei no Chile. Viña del Mar, Valparaíso, Isla Negra foram os tópicos da nossa agradável conversa. Ele me entregou as chaves e informou que eu me hospedaria no último andar do prédio, muito bem localizado no coração do bairro Batel. Subi o elevador já imaginando a vista que me esperava…

Cheguei ao décimo andar, abri a porta com minha chave magnética e, ao encaixá-la no dispositivo para acender as luzes da suíte, além da iluminação fui surpreendida por o despertar de uma música bem baixinha e envolvente. Claro, um Jazz – afinal, você deve ter reparado no nome do hotel onde eu estava me hospedando.

curitiba-parana

Eu me encantei por esse hotel na mesma hora, desisti de sair para almoçar e fiquei lá curtindo o meu cantinho aconchegante em Curitiba que seria minha casa pelos próximos três dias.

curitiba-parana-6

Gosto muito de hotéis que saem do “arroz com feijão” e surpreendem. O Slaviero Full Jazz poderia ser apenas mais um hotel boutique de luxo, requintado e com excelente serviço. Mas ele foi além, e o detalhe da música fez a diferença na minha estadia e me vi escutando Jazz o resto da tarde.

Sobre a minha cama havia um bilhete de boas-vindas e um CD de Jazz com músicas selecionadas pelo próprio hotel. E uma lembrança de que eu poderia escolher no Menu de Travesseiros um que mais me agradasse para dormir à noite. Ou então selecionar um entre os mais de 100 DVDs de shows de Jazz que o hotel possui à disposição do hóspede e que vão dos clássicos ao moderno Jazz Fusion.

curitiba-parana-3

Aliás, a cama era enorme. Na verdade, duas camas de casal grandes unidas uma à outra. E eu, sozinha ali, me sentia num palácio. A decoração discreta, a iluminação indireta, a vista pela janela. Tudo era impecável. Eu senti falta de apenas uma coisa: tomadas próximas à cama.

curitiba-parana-2

O banheiro da suíte também era ótimo. Miniaturas de xampu, condicionador, hidratante, sabonete, lixa de unha, discos de algodão e um secador tão bom que nem me dei ao trabalho de usar o meu.

curitiba-parana-5

A localização do Slaviero Full Jazz também é excelente. O Batel é um dos bairros mais badalados de Curitiba, e a menos de cinco minutos de caminhada dali está o Shopping Pátio Batel, luxuosíssimo e recém inaugurado na cidade. Também recomendo ir ao Madero, uma hamburgueria gourmet tradicional de Curitiba e que fica a cerca de dez minutos andando do hotel. Mas tenha precaução, apesar de eu ter ido caminhando sem problemas, ouvi muitos comentários sobre assaltos na cidade. Se preferir, peça um taxi (Ou Uber, que já chegou por lá), ficará baratinho e valerá a pena. Ali perto também há boates sertanejas, bares, restaurantes, cafeterias. Um tour que recomendo DEMAIS em Curitiba é o Tour Comida de Boteco, que acontece todas as quintas-feiras e a cada semana percorre um bairro diferente. Em resumo, você visita quatro bares num dia, experimenta comidinhas gostosas em cada um deles, conhece muita gente legal e se diverte MUITO. Quem organiza é a Carol Moreno, super animada e você pode ver mais detalhes aqui. Mas, se quiser mais tranquilidade e comodidade, vá ao bar do próprio hotel, o Schweppes Full Jazz Slaviero Bar, onde há Jazz às sextas e sábados.

No meu último dia lá, pedi no quarto um risoto do restaurante do hotel, o New Orleans, e estava muito gostoso – e achei o preço excelente (cerca de R$30). O café da manhã é incluído na diária e estava bem gostoso, sem grandes variações de um dia para o outro. O hotel também conta com academia. O estacionamento é cobrado à parte e custa R$20 por dia (+5% de ISS).

curitiba-parana-14

A rede Slaviero possui oito categorias: Slim (mais econômica), Fast Sleep (para um descanso rápido no Aeroporto Internacional de Guarulhos), Executive (com mais conforto), Middle (apartamentos para você se sentir em casa), Residencial (apartamentos para estadias de longa duração), Essential (preza pela qualidade nos serviços e na decoração) e o Lifestyle (mais sofisticado e premium) e Conceptual (pensados para proporcionar uma experiência de hospedagem diferente, desde a decoração temática até a elegância dos ambientes). O Slaviero Full Jazz é, como se pode imaginar, dessa última. E não deixa em nada a desejar em sua proposta!

curitiba-parana-7

Eu indico o Slaviero Conceptual Full Jazz se você busca um lugar com serviço diferenciado, requintado e muito estiloso. E se você gosta de Jazz, o seu lugar é esse. Como eles mesmos dizem, “o Jazz mora aqui”. E é verdade. Você logo perceberá ao entrar no hotel. “Um hotel para ouvir, ver, sentir e sempre querer voltar”.

Para fazer sua reserva no Slaviero Conceptual Full Jazz, clique aqui.

Para pesquisar mais opções de hotéis em Curitiba, clique aqui.

10 Comentários

  1. Ah, que você também estava só com essa imensidão de travesseiros! Me hospedei no Full Jazz antes de mudar definitivamente para Curitiba e amei! Pena que peguei a área externa em reforma e não consegui curtir como você! E pena também que não conseguimos nos encontrar na época… venha mais! Bj

    • Ei, Gabi! Esse hotel é incrível, né?! Amei demais me hospedar lá também.
      acabei curtindo bem pouco a área externa porque já no segundo dia o clima fechou em Curitiba (ô tempinho instável por lá, viu! rsrs)
      Pena que não nos encontramos. Mas oportunidades não vão faltar!

  2. Jura que é Curitiba mesmo? Ah já quero voltar pra esta cidade linda e ficar neste Hotel LUXOOO. E esta cama? Cabe umas 5 Amandas nela fácil. Hahahaha. Também adoro estes hotéis que “fogem” do tradicional e te dão uma experiência que será inesquecível, mesmo que seja com um Jazz tocando na hora de abrir a porta do quarto. Adorei.

  3. Que dica boa!
    Eu adoro hotéis cheios de personalidade, e chegar no quarto ouvindo jazz deve ser demais. E para sair dessa cama, como faz? ahaha
    Com certeza vou considerar numa próxima visita à Curitiba.
    Beijo

    • Não faz, Dani! Teve um dia que eu simplesmente me dei o luxo de dormir até meio dia (só com uma acordadinha rápida pra tomar café da manhã, e depois voltei pra cama) rsrs Não dava vontade de sair de lá.
      Fica lá sim, eu recomendo o Full Jazz demais! 😉

Deixe uma Resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui