Onde ficar em Vilnius, na Lituânia – Guesthouse Litinterp

0

Vilnius é uma cidade bem pequenininha e não é difícil percorrer todos seus pontos turísticos a pé. Mas acho essencial ficar ali pelo centrinho onde estão os principais pontos turísticos. Digo isso porque em muitos lugares o transporte público nem entra e não é muito fácil consegui taxi na rua. Eu me hospedei na Guesthouse Litinterp e achei uma excelente escolha.

vilnius-lituania-9

O dono era muito atencioso, deu todas as dicas da cidade para nós e ainda nos deixou fazer check in mais cedo. A guesthouse fica num pequeno prédio e o que eu curti é que são diferentes apartamentos, que foram adaptados para que cada um seja tipo um mini hotel. Explico: no apartamento onde fiquei, por exemplo, havia três quartos, com três banheiros individuais para cada quarto. E ainda uma mini cozinha. Recebíamos quatro chaves. Uma para a porta principal, lá debaixo, outra para a porta do apartamento, uma outra para nosso quarto e ainda uma quarta para o banheiro que só era utilizado por mim e minha amiga. Isso foi ótimo. Foi como ter alugado um apt para nós, mas com todo o serviço de um hotel.

vilnius-lituania-8

 

vilnius-lituania-7

Nosso quarto era fofo toda vida e em nossa cama havia um bombom local que se parecia com um bis de limão. Duas camas de solteiro, um armário legal, mesinha de cabeceira, uma pequena mesa com cadeiras. O banheiro super limpo e todo organizadinho.

vilnius-lituania

vilnius-lituania-2

vilnius-lituania-3

vilnius-lituania-4

vilnius-lituania-5

vilnius-lituania-6

E a localização da Guesthouse Liniterp era perfeita! Eu fiz absolutamente tudo a pé e sem precisar andar muito. Ela fica bem próxima às St. Anne and Bernardinu Church, a Uzupis, à rua Literatu e à Cathedral Square. Nota 10! Sem dúvidas eu me hospedaria aqui novamente numa próxima visita a Vilnius.

Para fazer sua reserva na Guesthouse Litinterp, clique aqui.

Para pesquisar mais acomodações em Vilnius, clique aqui.

Carla Boechat é jornalista, mestranda, curiosa que só, carioca da clara, inquieta e turista por vocação - e criação. Sempre com a mochila e um sorriso prontos, aposta que toda estrada pode esconder uma dica em potencial. E aqui é assim: se ela foi e gostou, virou post!

Leave A Reply