Panamá: vale a pena descer numa conexão longa?

14

Esse vai ser meu primeiro post para o Fui, Gostei, Contei. A ideia do blog é proporcionar uma troca de experiências. Aqui vou contar minhas dicas pessoais, mostrar minha visão dos lugares onde passo e ouvir, de vocês, outras mil dicas para acrescentar ao meu caderninho.

E que tal começar pelo Panamá? Com a chegada da Copa Airlines, muita gente tem feito conexão na Cidade do Panamá. E fica a dúvida: vale a pena prolongar o próximo vôo para dedicar algumas horas a essa cidade? Na semana passada eu passei pela experiência e conto aqui para vocês.

 

A primeira decisão deve ser pelo tempo de conexão q você quer fazer e se quer sair ou não do aeroporto – digo isso porque o free shop panamenho por si só já é uma aventura à parte. Mas eu preferi ir além e reservei passagens com 12 horas de conexão. De cara comecei a pesquisar preços e vi que valia a pena contratar um motorista para ficar à nossa disposição todo o dia – éramos eu e meu namorado apenas. Vi várias indicações na internet, mas por conselho de um conhecido que mora lá, fechei com o motorista dele. Alerta que ele me deu: os taxistas de lá não são tão confiáveis, portanto é bom buscar indicações. E, olha, que indicação ótima que recebemos! Posso contar para vocês? O Edwin, nosso ilustre motorista, também trabalha como guia de compras no Panamá. Alguém mais aí lembra que o Panamá é um paraíso para compras? Pois então, como bons brasileiros, nos sentimos muito bem recebidos com a notícia. Para ficar à nossa disposição durante 10 horas horas, incluindo trajeto de ida e volta do aeroporto, ele cobrou 120 dólares.

cidade-do-panama-9

Como chegamos bem cedo, às 7h da manhã, Edwin nos levou para conhecer bairros nobres da região, mostrando as casas onde os americanos moravam e contando a história do país. Bônus: além do motorista, ganhamos ainda um guia turístico! Fomos também a um mirante com uma vista espetacular de toda a cidade e onde eram vendidos alguns poucos artesanatos locais, como bonecas Kunas, mantas, ímãs. Dali, seguimos para o Canal do Panamá, que abria às 9h e cuja entrada custa 5 dólares por pessoa. Você também pode optar pela entrada de 8 dólares, que inclui um vídeo contando a história do lugar. Como tínhamos um “guia particular” e queríamos algo mais breve, fomos direto ao ponto, admiramos a grandiosidade do Canal, tiramos fotos, ouvimos a história local pelos auto-falantes e zarpamos.

cidade-do-panama

A visita é válida pela importância histórica do Canal, mas não espere um lugar bonito nem paisagens inesquecíveis. Ali você vai para conhecer a mega estrutura e para se impressionar com a forma como os navios passam a centímetros da lateral do Canal. Eu, com muito mais folga, já arranhei alguns carros. Imagine conduzir um navio gigantesco? Sem falar no dinheiro que rola ali. São milhões, e os pagamentos são aceitos apenas em espécie. Captou? Mas, se isso não te impressiona, e se você quer mesmo é torrar o cartão de crédito, vá direto ao ponto – que foi nosso ponto seguinte.

cidade-do-panama-10
cidade-do-panama-11

Aí vem mais uma dúvida: entre tantos shoppings, quais escolher? Os mais famosos são o Multiplaza, que é mais chique; o Metromall, que fica perto do aeroporto e conta com transfers que fazem esse trajeto de graça; e o enorme Albrook Mall – anda-se cerca de 5 km para atravessá-lo de uma ponta à outra. E esse foi nosso escolhido. Para conhecê-lo por completo, reserve mais de um dia. Ou faça como nós, contrate o Edwin. Ele simplesmente sabe onde ficam todas as lojas desse lugar. Nós dizíamos o nome de uma loja, e lá ia ele nos guiando e ainda segurando nossas sacolas de compras. Preciso dizer mais alguma coisa?

Até parque de diversões dentro do shopping
Até parque de diversões dentro do shopping

Depois de nos conter nas compras devido ao tempo curto, voltamos para o carro e seguimos para a Amador Causeway, região linda, com lanchas ancoradas à beira do cais e restaurantes para escolher a dedo. Por indicação do nosso anfitrião, paramos no Bucaneros, restaurante de culinária local, e, claro, aproveitamos para experimentar a cerveja que leva o nome do país, ganhadora por três anos consecutivos de um tal prêmio das melhores cervejas do mundo, que eu, por não ser tão conhecedora assim, não lembro o nome. E ela era bem saborosa mesmo.

cidade-do-panama-8
cidade-do-panama-5
cidade-do-panama-7

Comemos muito bem e, já satisfeitos, seguimos para o Dutyfree Amador, famoso por ter os melhores preços de perfumes da cidade. A diferença, na verdade, não é tão grande não, coisa de 5 a 10 dólares dependendo do perfume. Mas para quem vai comprar muitos, pode ser atrativo. Ali também comprei um chapéu panamá legítimo para o meu pai (cuja origem na verdade é equatoriana, mas isso posso contar em outro post).

Compras feitas, vimos que nosso horário estava apertado e precisamos correr para o aeroporto, mas com o coração na mão! Balanço final do da viagem: 12 horas parecem muito, mas ainda ficou aquele gostinho de quero mais. A Cidade do Panamá é segura, bonita, cheia de atrativos e pronta para receber os turistas. Se puder, vá! Se possível, fique mais.

cidade-do-panama-2
Serviço:

Contato do motorista: edwin25batistavega@gmail. com ou pelo celular 0050764086395 (Ele também atende por whatsapp!) **Dados de contato atualizados em Janeiro/2018
Carro grande com ar condicionado. Cabem até 8 pessoas.

Quer ver dicas de hospedagem na Cidade do Panamá? Pesquise aqui por preço, localização, avaliação ou número de estrelas.

Atenção, leitor: ao fazer sua reserva a partir deste link indicado, o Fui, Gostei, Contei receberá uma pequena comissão sem você pagar nenhuma taxa a mais por isso. O Booking.com é um dos parceiros do Blog e líder mundial em reservas de acomodações. Obrigada pela preferência! 🙂

Carla Boechat é jornalista, mestranda, curiosa que só, carioca da clara, inquieta e turista por vocação - e criação. Sempre com a mochila e um sorriso prontos, aposta que toda estrada pode esconder uma dica em potencial. E aqui é assim: se ela foi e gostou, virou post!

Discussion14 Comentários

  1. Tainá Albuquerque

    Excelente dica, já assisti a várias matérias sobre o Canal do Panamá e fiquei super curiosa para conhecer.
    Estou ansiosa pelo próximo post!!!!

  2. Carla, você sabe me informar como funcionam as notas fiscais emitidas dos produtos eletrônicos?É verdade que se pedir eles colocam um valor menor por causa da alfândega?

  3. Carla ,obrigado pelo blog, você pode me informar sobre San Blás, dizem que é uma praia muito bonita. Compensa ir ao Panamá para ficar nas praias?

  4. Oi, Marcus! Não sei sobre as notas fiscais. Lá, de eletrônico, comprei somente uma câmera, que estava dentro da cota para importados.

  5. Marcus, dizem que San Blás é um paraíso!!!!!!!!! Dependendo do tempo que você terá disponível no país, acho que vale a pena, sim, incluir as praias de lá no seu roteiro.

  6. Marcus, eu não pedi esse cartão, pois estive lá muito rapidinho. Mas acredito que, se você entrar em contato com o Edwin, o motorista que nos recebeu no Panamá, ele saberá te ajudar, pois ele entendia tudo de compras! Qualquer outra informação que eu possa te ajudar, me avise. Meu blog é parceiro do Booking.com. Caso você costume fazer reserva de hotel por lá, sugiro fazer pelo link laranja aqui ao lado ou na página inicial , em “Hotéis”. Eu recebo uma comissão a cada venda e não é cobrada nenhuma taxa a mais! 🙂 Obrigada pela visita e faça uma viagem maravilhosa! Abraços

  7. Carla é tranquilo viajar e ter a reserva pelo Booking.com. Explique-me por favor como funciona. abraços e obrigado

  8. Marcus, o Booking é líder mundial em reservas de hotéis. Se você não conhece, vale a pena dar uma olhadinha no site deles. É só clicar na aba “Hotéis” aqui no site. Lá você confere muuuuuitas opções de hospedagem no destino que vc escolher, podendo ler comentários de pessoas que se hospedaram lá e ainda comparar preços. É realmente muito bom e confiável.

  9. Olá Carla, como vai?

    Irei fazer uma conexão no Panamá na prox sexta de 10h e estou procurando contatos para city tour.
    Seu contato ainda faz este serviço? É de confiança?

    Abraços.

    Cintia

    • Ei Cintia!
      Ele é muito de confiança. A última vez q falei com ele faz um ano e, Sim, ele ainda fazia esse serviço sim.
      Te recomendo a entrar em contato com ele. Se não conseguir nesse número, me fala porque ele esta no meu facebook ?
      Boa viagemmmm!!

Leave A Reply