Paypal, a solução para comprar no site da Renfe – e como economizar na passagem

2

Assim que comecei minhas pesquisas para comprar os bate-voltas de trem a partir de Madrid através da Renfe, empresa que administra a rede ferroviária espanhola, li diversas reclamações de viajantes que tiveram seus cartões de crédito negados no momento da compra online (Aliás, essa é a próxima viagem do blog: Madrid com um pit stop em Amsterdam na volta! Aceito muitas dicas!!!). Pesquisei, pesquisei, pesquisei. Li que uma das soluções para driblar a Renfe seria fazer a compra por telefone (algumas pessoas tiveram sucesso com essa opção), mas esse método excluiria a tarifa web, que é a mais barata e encontrada apenas online no site da companhia. Outra possível solução é comprar através do site da RailEurope, que reúne diversas operadoras de trem da Europa, mas a desvantagem é eles também não oferecem as tarifas com desconto e ainda costumam cobrar uma taxa extra pelo serviço.

Renfe_foto

Fiquei preocupada, pois queria garantir logo minhas passagens e, o mais importante, a um preço justo. E foi em meio a essas pesquisas que cheguei à solução do meu problema: efetuar a compra das passagens via PayPal (não lembro em qual blog li essa dica, sorry!). O pagamento via PayPal foi inserido pela Renfe recentemente, talvez como uma maneira de atender melhor os estrangeiros que tentam comprar pelo site. O Paypal é líder mundial em pagamentos online com mais de 140 milhões de clientes em todo o mundo. Eu já possuía conta lá, então para mim foi bem rapidinho (comprei passagens para Toledo e Segóvia, estou super ansiosa!). Mas, de todo modo, o cadastro é rápido e exige o número do seu cartão de crédito. Gosto do serviço deles e já fiz vários pagamentos através desse sistema sem ter nenhuma dor de cabeça.

Por fim, achei o site da Renfe muito ruim de navegar! Para alterar uma das cidades da busca é necessário sempre retornar à página principal, enfim, bem chatinho. Por isso aqui vão algumas dicas básicas para conseguir comprar passagens pelo site da Renfe, sem perder tempo e ainda tentando dar uma economizada:

– Tente comprar suas passagens de trem com um mínimo de 15 dias de antecedência para conseguir a tarifa web (a mais barata). Se deixar para em cima da hora, certamente terá que pagar mais caro.

– Abra uma conta no PayPal. Quase ninguém consegue comprar direto pelo site da Renfe usando o cartão de crédito internacional e há todos os empecilhos que já citei na abertura desse texto (pelo telefone não há tarifa web, em sites terceirizados também não, há cobrança de taxas extras). Uma zona! Eu comprei essa semana (janeiro/2015) quatro passagens pelo site da Renfe utilizando minha conta do PayPal e não tive problema algum. Recebi os tickets na mesma hora em meu e-mail. Agora é só imprimir e apresentar na estação. Simples assim: sem burocracia, sem taxas extras, e com desconto de tarifa web. Woohoo!!

– Está em dúvida ou não sabe de qual estação sai/chega o trem da cidade que você quer? Clique na opção do nome da cidade com asterisco. Assim você será direcionado direto para as estações que atendem aquele destino – e se houver mais de uma, todas aparecerão na busca. Veja o exemplo na foto abaixo.

Renfe_asterisco

– Se estiver viajando em um grupo de 4 pessoas, vale comprar os 4 tickets de uma só vez na opção da Tarifa 4 Mesa, representado pelo símbolo 4M conforme a foto abaixo. Fiz uma simulação ida e volta Madrid-Segóvia e, como se pode ver, sai bem mais em conta comprar pela Tarifa 4M (metade do valor, $9,65 por pessoa). Porém, atenção, essa tarifa econômica é válida apenas para quem compra os 4 tickets de uma única vez. Isso significa que as 4 pessoas viajarão juntas, umas de frente para as outras, apenas com uma mesinha no meio. Essa tarifa não permite alterações e é cobrado 50% do valor total em caso de cancelamento.

Renfe 1

– Na foto acima também aparece uma opção de passagem a $19,30 com o símbolo de duas setinhas em sentidos opostos – significa que esta tarifa é válida apenas quando se compra o bilhete de volta junto com o de ida. Mudanças na data da viagem ou de assento não são cobradas e seu cancelamento incide em 40% do preço da passagem.

– Já o terceiro valor que aparece na foto acima, com o símbolo F (a $24,10), é o da tarifa cheia, sem descontos, e que permite que você altere sua data de viagem e/ou assento sem pagar nenhuma taxa extra (o cancelamento implica em apenas 5% do valor da passagem).

– Quarta e última observação a ser feita na imagem acima: pode-se ver que há diferentes categorias (Turista, Turista Plus e Preferente). A primeira é a mais simples, a segunda mediana e a terceira dá direito a sala VIP, menu a bordo e poltronas de couro que reclinam mais. Eu comprei a de turistona mesmo! (meus trechos não levam mais que 28 minutos cada).

– Se no dia da sua viagem houver algum atraso na saída do trem, não deixe de reclamar com a Renfe! Eles costumam ser muito pontuais e, dependendo do tempo de atraso, seu reembolso do valor da passagem pode ser de até 100% (se não me engano, quando os atrasos superam 30 minutos).

Quem tiver mais dicas de como se dar bem no site da Renfe, será super hiper mega útil, pois já vi muita gente dando cabeçada pra se entender com a empresa. Boa sorte no planejamento da sua viagem e, qualquer dúvida, escreva nos comentários 🙂

Carla Boechat é jornalista, mestranda, curiosa que só, carioca da clara, inquieta e turista por vocação - e criação. Sempre com a mochila e um sorriso prontos, aposta que toda estrada pode esconder uma dica em potencial. E aqui é assim: se ela foi e gostou, virou post!

Discussion2 Comentários

  1. Olá, Carla. Já tinha cadastro no Paypal e mesmo assim não consigo finalizar a compra. Qual navegador você usou?
    Obrigada,
    Slar Marques

Leave A Reply