Stormsriver, na Garden Route, África do Sul – onde uma cachoeira incrível deságua em frente ao mar

2

Quando visitei a África, um amigo que morou lá me ajudou muito a montar meu roteiro pela África do Sul. E eu estava meio em dúvida se faria mesmo a Garden Route, trecho que vai de Cape Town a Porto Elizabeth, porque meu tempo estava curto. Mas daí ele me mostrou a foto de uma tal cachoeira que deságua de frente pro mar, no Tsitsikamma National Park. Eu fiquei maluca! Coloquei na minha cabeça que queria conhecer aquele lugar.

Foi assim que eu corri atrás de conseguir um ticket da Baz Bus (leia aqui como funciona esse meio de transporte para mochileiros) para percorrer a Garden Route e incluir Stormsriver no meu itinerário.

Stormsriver é uma vila pequenininha e super charmosa. Lá eu me hospedei no Dijembe Backpackers. Ainda não sei descrever bem esse lugar, kkkkk.. Eles têm uma cabra {de verdade} de estimação, o recepcionista parece que tomou 47 balas de tão elétrico, a decoração dele parece uma coisa saída dos anos 80, mas conservando a poeira acumulada desses mais de 30 anos, as camas são de troncos de madeira, tem uma jacuzzi na varanda a céu aberto, de manhã eles oferecem ingredientes para você mesmo preparar panquecas, a cerveja é bem barata. Enfim, é um lugar beeeeem roots. E eu curti hahahaha..

stormsriver4

Fiquei lá apenas uma noite e fiz minha reserva pelo Hostelworld. O principal passeio ali por perto é visitar o tal Tsitsikamma National Park, onde há a incrível trilha até a tal cachoeira.

tsitsikama park.

A entrada no parque custa 90 rands, e o recepcionista doidão nos cobrou {não lembro exatamente o valor} uns 60 rands por pessoa para nos deixar lá e depois buscar.

Ele já nos deixou lá dentro do parque, bem na entrada da trilha {para ir à cachoeira, procure por Waterfall Trail}. Metade do grupo se dividiu pra esquerda, metade pra direita, e eu acabei seguindo um casal de alemães sem nem saber para onde eles estavam indo direito. Andamos por umas duas horas em trilhas maravilhosas, algumas partes à beira do mar. Dava até um medinho daquela maré forte subir nas pedras.

 

DCIM105GOPROG0859191.

DCIM105GOPROG0869195.

tsitsikamma-national-park16

Quando de repente… Olha! A cachoeira das fotos do Cenê {meu amigo que me apresentou essa preciosidade}. Nem acreditei – e havia apenas nós três lá, eu e o casal de alemães. Pena que estava MUITO frio. Eu estava de biquíni por baixo da roupa, ensaiei um mergulho, mas não rolou. Me restou tirar muitas fotos. E no fim me dar conta de que nenhum clique faria jus àquilo ali. Você precisará andar quase duas horas pra chegar lá e depois mais quase duas para voltar para entender do que eu estou falando.

tsitsikamma-national-park14

DCIM105GOPROG0889217.

DCIM105GOPROG0899221.

DCIM105GOPROG0969299.

A trilha era bem sinalizada, e a volta pareceu até mais rápida. Teria sido melhor se estivéssemos de carro dentro do parque, pois havia outra trilha que queríamos fazer, a da ponte, mas tivemos que ir a pé até ela {uma meia hora andando talvez?}. Sorte que o corpo já estava quente.

Essa segunda trilha era bem tranquilinha, havia inclusive muitas crianças fazendo. Com menos de uma hora chegamos à tal ponte, tiramos algumas fotos e voltamos. Achei essa até mesmo dispensável depois da cachoeira – mas acho que é a mais famosa de lá.

.

tsitsikamma-national-park13

Na volta, claro que nosso recepcionista maluco nos deixou esperando mais de uma hora no frio {era primavera, mas o ventinho estava bem gelado}. E eu ainda estava faminta, pois antes dessa andança toda eu havia comido apenas uma panqueca fininha do hostel – e mais nada!

Ao voltar para Stormsriver, fui direto para o centrinho, que é uma graça e minúsculo – pense em uma rua com menos de 1 km de extensão e com apenas uma dúzia de comércio. É tipo isso que eu quero descrever quando digo minúsculo.

Fui direto a uma lanchonete que meu amigo me havia indicado ir, toda em estilo anos 50. O nome dela é Marylin´s 60 Dinner e a decoração é uma volta no tempo, com muita referência a Elvis Presley, Marylin Monroe e conversíveis coloridos. Mas melhor que isso é o hambúrguer de lá. Se o melhor tempero foi a fome, eu não sei, mas que eu devorei aquilo em segundos, eu devorei. Masssss, calma, ainda vinha algo ainda melhor: um milkshake de Bar One. Se você não sabe o que é Bar One, é um chocolate maravilhoso vendido na África do Sul e que leva caramelo de recheio. Agora pense em pedaços desse chocolate afundados num delicioso milkshake de chocolate. Pois é.

stormsriver1

stormsriver2

tsitsikamma-national-park15

Bom, eu saí de lá rolando, como vocês podem imaginar. Mas feliz da vida e pronta pra encarar meu Baz Bus até minha próxima parada da Garden Route, o paraíso dos surfistas: Jeffreys Bay.

Se você tiver a oportunidade de parar em Stormsriver, não deixe de fazer a trilha da cachoeira no parque Tsitsikamma e nem de visitar essa lanchonete que se destaca no centrinho de lá. Para trilhas mais longas na região, pesquise por Otter Trail.

Conheça e reserve os melhores hostels do mundo clicando aqui!

E enquanto isso, leia mais sobre minha viagem pela África aqui…

28 dias na África: roteiro completo África do Sul, Suazilândia, Botsuana, Namíbia, Zimbábue

Wilderness – o vilarejo da África do Sul onde eu poderia viver para sempre

Primeiro dia na África – perdi minha mochila com tudo dentro

Um fim de semana na Suazilândia – o menor país do Hemisfério Sul

 

Carla Boechat é jornalista, mestranda, curiosa que só, carioca da clara, inquieta e turista por vocação – e criação. Sempre com a mochila e um sorriso prontos, aposta que toda estrada pode esconder uma dica em potencial. E aqui é assim: se ela foi e gostou, virou post!

Discussion2 Comentários

  1. Adorei o post! Estou procurando trilhas p fazer na route garden. Tenho só 5 dias e vou para só em 4 lugares(baz bus)… faltou tempo para fazer a Otter Trail! Vc sabe se há outras além dessa q vc fez em Stormsriver?

    • Oie, Cristina! Eu ameeeei Stormsriver <3
      Olha, eu só soube dessas trilhas que mencionei no post mesmo. Mas lá com certeza vão saber te indicar se houver outras, pois é um lugar bem pequeno!

Leave A Reply