Leis que você não vai acreditar que existem no Atacama!

7

Ainda vou ter muuuuuito o que escrever sobre o Atacama aqui no blog. Mas eu quis começar com um assunto que chamou minha atenção e que tenho certeza que será bem curioso para muita gente: as leis malucas do deserto mais árido do mundo!

San Pedro de Atacama é uma cidadezinha beeeem pequena com uma população de umas duas mil pessoas. Agora imagine esse mesmo lugarejo infestado de turistas de tudo quanto é parte do mundo.

Pois é. Para que não vire bagunça, já que há mais turistas que moradores, há leis beeeem chatinhas e que são seguidas à risca, pois os carabineiros (polícia local) não dão trégua para ninguém.

Separei algumas leis que mais me chamaram a atenção para trazer aqui para vocês:

  • É proibido ficar bêbado

Sim, se você ficar bêbado em algum bar, será gentilmente convidado (obrigado) a se retirar. Isso porque os estabelecimentos pagam multa se tiverem clientes bêbados em suas dependências. E essa lei se desdobra em outras como…

  • Para comprar bebida alcoólica, você tem que comer.

Hahahaha Sim! Em 99% dos bares daqui, você não conseguirá comprar uma latinha de cerveja se não comprar comida também – justamente para evitar que você fique bêbado! Só há um bar aqui onde você pode entrar e pedir cerveja à vontade sem precisar comer: o Chelakabur. Mas, ainda assim, você é proibido de ficar bêbado lá.

  • É proibido beber na rua

Se você, espertão, já pensou “se não posso ficar bêbado no bar, vou tomar minha cervejinha na rua”, pode ir parando por aí. Não, você não pode. E essa lei não é exclusiva do Atacama: em todo o Chile é proibido beber na rua.

Obs.: Masssssss… se você quer beber na rua e encontrar uma galera, pergunte onde fica o “Los Pimentos”. Num próximo post específico sobre festinhas clandestinas do deserto eu vou colocar até mapa para vcs saberem onde é!

  • É proibido dançar

Essa é a mais bizarra para mim! Nenhum bar aqui de San Pedro do Atacama possui alvará de cabaré, e por isso não podem funcionar como boate, e por isso ninguém pode dançar. Biiiii-zaaaaar-rooooo!!! Mas claro que a gente dá um jeito de burlar isso – só que também é assunto para outro post 😛

  • É proibido fazer festas em casa

E se você também pensou “hahaha não posso beber na rua, nem ficar bêbado ou dançar no bar, então hoje é festa lá no meu apê e vai rolar bundalelê”. Ops, sorry again. Ok que essa lei não é tããão seguida à risca assim {eu e amigos já fizemos festas em casa}, mas conte com a boa vontade do seu vizinho não chamar os carabineiros em caso de bagunça em casa depois da meia noite. Aliás…

  • Todos os bares fecham meia noite

É pontual! Faltando dez minutos para meia noite o garçom vai trazer a sua conta, sem você pedir, e você terá pouco tempo mais para terminar a bebida que estiver no seu copo.

Obs.: só sei de um lugar aqui onde rola festa até umas duas da manhã, pode comprar bebida sem comida e todo mundo dança: o Blanco. Mas para saber quando e SE vai rolar festa, só estando aqui e passando lá pra perguntar…

  • É proibido fazer festas clandestinas.

Bom… É proibido. Mas, num deserto deeeeeste tamanho, você acha mesmo que é uma missão muito difícil achar um lugar pra se esconder da polícia e fazer uma festa? Hehehe Não é! Tem festa clandestina aqui todo sábado! Muda sempre de lugar pros carabineiros não encontrarem. Mas isso também será tema para um outro post…

Curioso como se vive aqui, né? E mais curioso ainda é como tantos mochileiros chegam aqui e ficam, mesmo com tantas restrições à vida noturna em San Pedro.

Acho que são essas festas clandestinas… Ok! Vou escrever sobre elas num próximo post! 😉

Carla Boechat é jornalista, mestranda, curiosa que só, carioca da clara, inquieta e turista por vocação - e criação. Sempre com a mochila e um sorriso prontos, aposta que toda estrada pode esconder uma dica em potencial. E aqui é assim: se ela foi e gostou, virou post!

Discussion7 Comentários

  1. Rodolfo Marini Teixeira

    Hhahahaha… poxa tô chorando já com essas Leis =’D
    Carla, será que poderia me passar umas dicas básicas destas festas? onde procurar?
    Vou para o Atacama em Abril, e queria muito socializar com o pessoal!

    Valeu, um abraço!

    • Hilááárias, né!
      Olha, não existe um lugar oficial para ter informações dessas festas não. Afinal, elas são clandestinas, né hehe
      Mas você vai ver algumas pessoas vendendo tour ali pela Caracoles (na rua mesmo, com flyer na mão e perguntando “Buscando tour, amigo??” hehehe). Geralmente essa galera sabe. Na esquina onde eu trabalhava, sempre tinha gente vendendo ingresso (esquina da Caracoles com Calama). Pode chegar no carão e perguntar, que alguém vai saber..
      Beijos e aproveite!

      • Rodolfo Marini Teixeira

        Hahahaha,,, boa.. era disso que eu precisava! Farei isso!
        Muito obrigado viu?!

        Posso fazer uma última pergunta? Você indicaria alguma agência bacana pra fazer a expedição pro Salar de Uyuni?

        Valeu mesmo, beijoo

  2. Pingback: Mochilão na Bolívia – um país lindo, muuuuito barato e surpreendente | Fui, gostei, contei | por Carla Boechat

  3. Pingback: Dica de 18 restaurantes que provei e aprovei em San Pedro do Atacama – do baratex ao sofisticado | Fui, gostei, contei | por Carla Boechat

Leave A Reply