Puerto Natales, na Patagônia chilena, é a base clássica para quem quer conhecer o Parque Nacional Torres del Paine. Mas essa cidade de 20.000 habitantes merece mais do seu tempo. Não apenas por ser super super fofa e com boa infraestrutura pro turista, mas em especial pelo clima instável da Patagônia. Com mais dias, você terá maior flexibilidade no caso de chuva, por exemplo.

Que eu viajo devagar vocês já sabem. E isso é perfeito para conhecer bem cada lugar que passo e fazer uma análise pessoal se determinado destino merece destaque aqui ou não. Eu fiquei uma semana em Puerto Natales e depois fiz o trajeto de seis dias do circuito W em Torres del Paine. Foi tempo suficiente pra conhecer bem essa cidade e trazer umas dicas espertas pra vocês!

Não posso reclamar, viu? Fui muito bem recebida na cidade, fiz amigos, fiz trekking, conheci uma destilaria, uma cervejaria artesanal e muito mais. Então separei minhas melhores dicas pra vocês aqui nesse roteirinho – pra tentar te convencer que Natales merece muito mais que uma passadinha rápida.

Perdi as contas de quantas ovelhas vi perto de Puerto Natales! Que lindos cenários essa região tem!

Essa parada em Puerto Natales foi parte da minha viagem de 4 meses sozinha pelo Chile indo por terra do Deserto do Atacama até a Patagônia.

O que fazer em Puerto Natales

Peraí que eu tenho uma lista tão grande que você vai querer morar aqui. Hahahaha brincadeira! Selecionei o que achei mais legal pra você incluir em sua viagem para Puerto Natales. 

  • Cerro Dorotea: melhor aquecimento para Torres del Paine – além de se ter um visual maravilhoso. Fácil de fazer por conta própria. O táxi até lá não deve custar mais que 4.000 e a entrada não mais que 5.000 pesos. Quando você terminar o trekking, os donos da propriedade estarão te esperando com um gostoso chá da tarde.
  • Parque Torres del Paine: e não estou falando de fazer a W ou a O (porque não acredito que você tenha vindo até aqui e não faça esses trekkings). Vá até 3 dias antes de começar seu circuito (pois a entrada do parque pode ser reutilizada em até 3 dias) e aproveite para conhecer a Laguna Amarga, Salto do Rio Paine, mirante do Hotel Pehoé, as passarelas do Hotel Explora, mirante do Condor.
  • Navegue os glaciares Balmaceda e Serrano. O primeiro você vê mais de longe desde o catamarã, já o segundo consegue ver mais de perto em um trekking fácil de meia horinha. As empresas que fazem são Comapa e Turismo 21 de Mayo. Não é barato, ficando em torno dos 90.000 pesos por pessoa.
  • Cueva del Milodón: tem diferentes percursos de trekking de nível fácil. A entrada fica em 2.500 pesos e é um destino de grande interesse paleontológico, formado por três cavernas que conservam seus restos quase intato. 
  • passear pela costanera: opção grátis! haha vá num dia aberto de sol e você poderá admirar as montanhas de fundo e até quem sabe o Glacial Balmaceda.
  • Laguna Sofía: também um ótimo trekking para aquecer para Torres del Paine, com uma ascensão de 800m!
  • Destilaria Last Hope: leia a seção de onde beber em Puerto Natales.

Onde comer em Puerto Natales

Há muitos (muitos mesmo) restaurantes em Puerto Natales e de todos os tipos de cozinha. Confesso que não me apaixonei por nenhum (tipo desses que a gente diz que precisa voltar antes de ir embora, sabe?), mas fiz a minha seleção dos preferidos.

  • Ultima Esperanza: foi o primeiro restaurante de Puerto Natales e um natalino me convidou para conhecer. Pedi um congrio com molho de mariscos muito gostoso (mas o que comi em Punta Arenas ainda ganha!).
  • Pachamama: um restaurante que tem um cardápio elaborado de empanadas merece o meu respeito. Arrisco dizer que foi onde mais gostei de comer, e ainda por um bom preço. Pedi a empanada Balmaceda de camarões, ricota, cebolinha e queijo muçarela. Nem preciso dizer mais nada.
  • Bahia Mansa: estava como um restaurante econômico no Tripadvisor, mas os preços não são nada econômicos. Pedi o congrio (já repararam que amo esse peixe, né?) com purê de polenta e espinafre frito. Muito saboroso!
  • Angelica: ideal para algo rápido, têm empanadas gostosas. Ambiente pequeno, então muitas vezes as mesas estão cheias.
  • Pizzeria Napoli: é o restaurante número 2 no Tripadvisor. Confesso que não me apaixonei pela pizza, mas prefiro pensar que dei azar. Deixo aqui o nome pra quem quiser tentar a sorte.

Onde beber em Puerto Natales

Aqui começa a diversão! Hehehe tenho poucas e boas dicas pra sair à noite em Puerto Natales.

  • Baguales: um clássico, está na pracinha principal da cidade. Cervejaria artesanal que não desaponta, onde o forte é mesmo a cerveja (a cozinha deixa muito a desejar, coma em outro lugar).
  • Basecamp: sempre cheio à noite durante a temporada, é ótima pedida pra comer uma pizza acompanhada de um chopp. Tem bons preços.
  • Destilaria Last Hope: esse lugar tem que estar em sua lista de lugares a conhecer em Puerto Natales. Eles fazem um rápido tour pela fábrica onde produzem uísque e gin e ao final você degusta dois sabores de gin produzidos por eles. Atendimento impecável, simpatia, lugar charmoso. Amei demais! Recomendo a Michelada Destilada, mistura de cerveja com limão, gengibre e gin. Refrescante! Gostei tanto que tomei três hahaha 

Onde ficar em Puerto Natales

É difícil ficar mal localizado em Puerto Natales pois trata-se de um lugar bem pequenino. No entanto, quanto mais próximo da praça Arturo Prat, melhor. Deixo aqui algumas dicas de onde se hospedar em Puerto Natales.

Eu fiquei na Isaac House, um hostel aberto recentemente e que ainda não está em plataformas como Booking ou Hostelworld. Gostei porque consegui negociar um preço legal num quarto sozinha já que fiquei vários dias (5.000 pesos por noite), além de ser muito bem localizado e o dono gente boa. Outra opção ecnonômica e super elogiada é o hostel We Are Backpackers, que inclui café da manhã, tem serviço de aluguel de bicicletas e conta também com um bar.

Se pode gastar um pouco mais e está buscando um lugar charmoso, sugiro dar uma olhada no Hostal Boutique Factora Patagonia, que serve um bom café da manhã, ou no DT Loft, caso prefira alugar um mini apartamento com cozinha equipada.

Já os 5 estrelas da cidade estão por conta do NOI Indigo, do The Singular Patagonia (o hotel mais lindo de Natales) e do Remota (esse um pouco mais afastado).

Onde comprar e alugar roupas de Inverno e equipamentos de camping em Puerto Natales

Já que Puerto Natales é o lugar base para conhecer Torres del Paine, muitos lugares se especializaram em vender e alugar roupas de frio e equipamentos para acampar (desde barraca a saco de dormir a fogão). Deixo aqui os dados de alguns que fui conhecer:

  • Hostal Geminis: foi onde aluguei meu saco de dormir, que não me deixou na mão e era muito bom.
  • La Cumbre: ótima loja para comprar roupas e equipamentos profissionais. Pode ser um pouco cara.
  • Salomon: vende também outras marcas e foi onde comprei meus utensílios de cozinha para camping.
  • Kalpamayu: quando passei por lá estava fechado, mas são especializados em venda de equipamentos de inverno.
  • Patagonia adventure: um dos lugares mais completos que encontrei para aluguel de roupas de frio. Vendem casaco impermeável a 55.000 pesos chilenos (não conheço a marca).
  • Balfer outdoor: ótima para comprar equipamentos de trekking e acampamento. Aqui comprei a capa impermeável para minha mochila e minha garrafinha térmica.

E aí! Curtiram as dicas? Ficou alguma dúvida? Conta aí nos comentários!

Deixe uma Resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui