O que fazer em Zagreb – Meus 3 cantinhos preferidos no entorno da capital da Croácia

3

Esses cinco meses morando na Croácia me levaram a lugares incríveis por aqui. E alguns deles ficam no entorno da capital do país, Zagreb, onde eu estudo. Muita gente vai direto para as praias croatas e ignora a capital, ou separa apenas um dia por aqui. Mas eu garanto que se você puder esticar uns diazinhos para explorar Zagreb utilizando essas dicas, não irá se arrepender. Hoje reúno aqui 3 lugares que me encantaram e que enfeitariam o seu roteiro pela Croácia. Tem vilarejo com palácio, montanha, cidadezinha. Tomem nota e incluam Zagreb em sua próxima viagem à Europa:

SLJEME

Falei isso umas mil vezes nas minhas redes sociais. Sljeme se tornou o meu lugar preferido em Zagreb. Apesar de não estar exatamente no entorno da cidade, ele não fica tão centralizado assim (são uns 20km do centro de Zagreb até seu topo). Sljeme é o pico mais alto da montanha Medvenica, com 1035 metros de altitude.

sljeme zagreb croacia-4

sljeme zagreb croacia-5

sljeme zagreb croacia-14

É possível chegar lá em cima de carro ou utilizando transporte público (pegue o ônibus 140 saindo de Mihaljevac – o tram que te leva até Mihaljevac é o número 14, e um dos pontos onde ele passa é a Main Square, ou Trg bana Josipa Jelacica em croata).

sljeme zagreb croacia-2

Mas, para mim, a melhor opção é: por trilha! Eu fiz e te garanto que vale a pena. Dá mais ou menos 1h30 de subida, mas quando se chega lá em cima, todo o cansaço vai embora. Há restaurantes e a galera para, toma umas, come algo típico. Se você curte trilhas, essa você TEM QUE fazer em Zagreb. Um excelente post com dicas sobre as trilhas de Sljeme, seus hoteis e restaurantes é esse do site Like Croatia. Está em inglês, mas se bater aquela dificuldade, joga no Google Translator que já dá para ter uma ideia 🙂

sljeme zagreb croacia-25

Estive em Sljeme três vezes no outono, duas de carro e uma por trilha. E achei o lugar ma-ra-vi-lho-so – Isso porque a alta temporada por lá é primavera, verão e inverno, hehehe. Nas estações mais quentes, a galera vai para lá fazer piquenique. No inverno, para esquiar (lá tem inclusive um ski resort). Mas no outono, com essas folhas no chão… Eu fiquei apaixonada! E o mais interessante é que, como já era Dezembro, a trilha que fiz começou num clima meio outonal, com folhas no chão e tal, e terminou num clima totalmente de inverno, com bastante neve no topo.

sljeme zagreb croacia-30

sljeme zagreb croacia-29

sljeme zagreb croacia-18

sljeme zagreb croacia-19

sljeme zagreb croacia-23

sljeme zagreb croacia-21

LUZNICA

Luznica é uma pequena vila na cidade de Zapresic (a 15km de Zagreb, onde eu moro), onde vivem apenas 62 pessoas e lá tem um castelo construído em 1791 e hoje em dia sob responsabilidade do Convento of St. Vincent de Paul. Não é raro estar passeando por lá e se deparar com algumas freiras.

luznica zapresic croacia-9

luznica zapresic croacia-11

Eu fui até Luznica de bike (para mim foi fácil, pois moro em Zapresic) e fiquei de cara com tanta beleza. Muita gente vai até lá no verão e na primavera para fazer piqueniques. O lugar é de uma paz incrível, que nenhuma palavra vai conseguir descrever melhor do que essas fotos ou mesmo uma visita até lá. Hoje em dia funciona também como um centro para contemplação espiritual e orações.

luznica zapresic croacia

luznica zapresic croacia-3

luznica zapresic croacia-7

luznica zapresic croacia-5

luznica zapresic croacia-8

luznica zapresic croacia-10

Se você estiver de carro, esse é um passeio que dá para ser combinado no mesmo dia com uma ida a Samobor, que conto logo abaixo. Mas se quiser ir de transporte público, o trajeto é esse: pegue o ônibus 172 na estação Crnomerec, em Zagreb, e desça no ponto Trg Dr. Tudmana, e de lá caminhe cerca de 1,5km ou atravesse a rua e pegue o ônibus de número 182, desça no ponto Samostan e ande 500m. Para fazer esse trajeto, você precisa comprar, já no primeiro ônibus, dois tickets – pois Luznica fica na Zona 2. Cada ticket custa 10 kunas e você pode utilizá-lo novamente para o segundo ônibus caso esteja dentro de um período de tempo de 90 minutos (o primeiro trajeto de ônibus costuma durar cerca de 40 a 50 minutos, então dá tempo sim). Você pode comprar seu ticket direto com o motorista ou em quiosques nas ruas. Mapinha pra facilitar a vida:

SAMOBOR

É um distrito fofo toda vida de Zagreb, a apenas 20 km da capital! Pare o carro e saia para dar uma volta sem pressa pelo centrinho de lá. O prédio da prefeitura é enfeitado com flores rosas. Os cafés sempre têm movimento. É uma pena que minhas fotos não farão justiça ao encanto que é esse lugar, visto que estive lá logo assim que quebrei meu braço, estava toda mobilizada, não dava para tirar fotos com a máquina a mão esquerda e eu ainda estava com dificuldades para mexer no celular com uma mão só.

Prefeitura de Samobor
Prefeitura de Samobor

samobor croacia-3

samobor croacia-6

Minha dica é você parar na U Prolazu, bem na pracinha principal de Samobor, para comer a torta tradicional da cidade: a Kremsnita (quem já foi a Bled, na Eslovênia, provavelmente já experimentou dela por lá). É nesse café/restaurante que meus amigos croatas me disseram que é vendida a melhor Kremsnita de Samobor!

Snapchat--1619647420286014537
Também é possível fazer uma pequena trilha a poucos passos do centrinho de Samobor, de onde se tem uma vista melhor da cidade.

samobor croacia-5

Depois de suas andanças e encantos por Samobor, sua próxima parada deve ser o Scout Irish Pub, que tem a maior carta de cervejas da Croácia – no site eles falam em 550 cervejas diferentes de todo o mundo. O lugar é muuuito legal, mas só tenha cuidado se estiver dirigindo – eles vendem umas cervejas bem fortes!

Se quiser ir para Samobor em transporte público, é bem simples, pois há saídas o dia inteiro. É preciso pegar um ônibus na Autobusni Kolodovor (estação central de ônibus de Zagreb). A empresa que faz esse percurso é a Samoborcek, o trajeto dura 1 hora e a passagem custa 31 kunas. Você pode conferir os horários de ônibus e comprar sua passagem online aqui.

Você também poderá curtir estas outras matérias sobre Zagreb:

Croácia: primeiro mês, primeiras impressões

Onde ficar em Zagreb – Swanky Mint Hostel

Restaurante Rodízio do Brasil – tem comida brasileira de verdade em Zagreb!

Onde ficar em Zagreb – Hostel Bureau

Carla Boechat é jornalista, mestranda, curiosa que só, carioca da clara, inquieta e turista por vocação – e criação. Sempre com a mochila e um sorriso prontos, aposta que toda estrada pode esconder uma dica em potencial. E aqui é assim: se ela foi e gostou, virou post!