Search
Close this search box.

Dahab, Egito: um paraíso no coração do Mar Vermelho

Mulher em praia de Dahab, Egito

Dahab, Egito: um paraíso no coração do Mar Vermelho

Dahab, Egito, era uma das cidades que eu mais queria conhecer na minha viagem pelo país e já posso adiantar que amei conhecer esse paraíso. A cidade, localizada na Península de Sinai, é uma mistura de vibe praiana e desértica e tem atraído cada vez mais nômades digitais e mochileiros que buscam um local tranquilo no Egito.

Além de ser rodeada por cafés, restaurantes gostosos das mais diversas nacionalidades, praias, e uma atmosfera acolhedora, Dahab é conhecida por ser um dos melhores locais no mundo para praticar mergulho. Além disso, é também um paraíso para quem gosta de windsurf e kitesurf, já que na maior parte do ano venta bastante.

Pensando nisso, reuni as principais sugestões para aproveitar Dahab da melhor forma, assim como dicas de como chegar e onde ficar na cidade.

Então, se você está planejando um roteiro pelo Egito e considera visitar a cidade, fique por aqui e confira todas as informações!

Onde fica e como chegar em Dahab, Egito?

Dahab, Egito, fica localizada na região do Mar Vermelho, na Península de Sinai, relativamente perto da fronteira com Israel. 

Esse é um bom local para ficar uns dias se você pretende fazer a travessia do Egito para Israel por terra (como nós fizemos). Publiquei um artigo sobre como foi cruzar essa fronteira terrestre de Taba e quais os procedimentos e questionamentos dos oficiais, clique aqui para ler.

A cidade de Dahab é muito mais tranquila em relação a outros locais do Egito, o que pode ser um refúgio se você estiver cansada do “barulho” das outras cidades.

Rotas possíveis para chegar em Dahab

Na minha ida, saímos de Luxor em direção a Sharm El Sheikh, em um ônibus que durou 19h de viagem. Se o trem de Cairo para Aswan já foi ruim, esse ônibus foi pior ainda! O ônibus era da empresa EG-BUS, custou 370 EGP e nos deixou na rodoviária da cidade de Sharm El Sheikh, meio afastada do centro. 

Dali sairia um outro ônibus às 16:30 por 50 EGP, mas sem horário certo, com direção a Dahab. 

Contudo, nos informaram que se fôssemos até um posto policial a 25 km dali, conseguiríamos ir facilmente a Dahab. 

Foi o que fizemos. Resolvemos nos aventurar a pegar carona ao invés de aguardar o ônibus e conseguimos chegar até o posto policial bem antes do previsto.

Um detalhe chato é a quantidade de taxistas que ficam insistentemente tentando fazer com que você entre no táxi. Spoiler: os preços são muito inflacionados. Então, eu não recomendo!

Do posto policial, conseguimos uma carona que nos cobrou o preço do ônibus, o que foi ótimo e nos fez adiantar algumas horas para chegar na cidade.

Outras opções para ir para Dahab são:

  • Pegar um vôo até Sharm-El-Sheikh (a partir de R$400,00 ida e volta) e depois seguir de carro/ônibus;
  • Pegar um ônibus a partir de Cairo com a Go Bus (custando a partir 275 EGP, com duração de 12h de viagem).

Informação extra: o ferry de Hurghada para Sharm El Shiekh não está ativo no momento. Então, se você estava considerando essa rota, precisará pensar em uma das outras opções.

Onde ficar em Dahab?

Existem muitas opções de hospedagem em Dahab. No artigo sobre como visitar o Monte Sinai eu dei algumas sugestões de onde ficar na cidade, já que é uma base para quem visita o Monte Sinai. 

As opções vão desde as mais econômicas até as mais luxuosas e tem para todos os gostos. Mesmo assim, vou compartilhar mais algumas neste artigo!

Auski Hostel (minha escolha)

Como mencionei no artigo sobre o Monte Sinai, esse foi o hostel que eu escolhi para ficar em Dahab. 

No geral, foi um bom local para se hospedar, já que era bem próximo do centro e dava para fazer tudo caminhando.

As diárias são a partir de 20 EUR para quartos privados sem café da manhã e com banheiro compartilhado para duas pessoas.

Já as opções de quartos compartilhados saem a 11 EUR por noite por pessoa.

As avaliações no Booking são satisfatórias para essa hospedagem (8.4/66 avaliações). 

4S Hotel Dahab

O 4S Hotel Dahab é outra opção econômica para ficar em Dahab. Essa hospedagem está a apenas 600 m de distância do centro.

Além disso, dentre as comodidades, a acomodação conta com piscina, quartos privados com banheiro e diárias com ou sem café da manhã.

Os valores são a partir de 21 EUR para duas pessoas sem café da manhã. Você pode adicionar o café da manhã na diária por 4 EUR a mais.

Além disso, na hospedagem é possível alugar bicicletas para curtir a cidade. A avaliação do Booking para essa hospedagem é de 8.4/242 avaliações.

Shams Hotel & Dive Center

Com preços mais intermediários, o Shams Hotel & Dive Center é uma opção para quem busca mais conforto. 

O hotel conta com um centro de mergulho de cilindro e snorkel, além de um restaurante próprio e um balcão de turismo onde você pode contratar passeios, por exemplo, para o Monte Sinai.

As acomodações são privadas e custam a partir de 61 EUR para duas pessoas com café da manhã.

As avaliações no Booking são boas com nota 8.7/286 avaliações.

Villa Boheme & Atelier Boheme

A Villa Boheme & Atelier Boheme é uma opção intermediária para quem busca uma hospedagem no estilo studio.

Nessa acomodação, por exemplo, você tem acesso a toda a propriedade, que conta com cozinha, sala, uma área externa com uma piscina pequena, entre outros. 

Assim, se você quer ter aquela sensação de estar em uma casa na sua estadia por Dahab ou for com um grupo maior de pessoas, a Villa Boheme & Atelier Boheme é uma ótima opção, já que acomoda até 5 pessoas.

O local tem um bom custo-benefício para quem vai com mais pessoas. As diárias são a partir de 69 EUR para 5 pessoas.

A nota no Booking é de 8.3/57 avaliações.

Jaz Dahabeya

O Jaz Dahabeya é uma opção premium de lugar para ficar em Dahab. 

Esse local oferece comodidades mais luxuosas, além de sistemas de refeições all inclusive (todas as refeições) ou half board (café da manhã e jantar).

Apesar de ser um hotel 4 estrelas e mais afastado do centro (uma média de 3 km de distância), ele oferece preços acessíveis para quem prefere uma acomodação de luxo.

As diárias para o quarto queen superior com vista para o jardim são a partir de 84 EUR no sistema half board e 112 EUR no sistema all inclusive. 

O hotel conta com piscina, academia gratuitas, e serviços de spa ou atividades como mergulho e windsurfing por um custo extra.

A avaliação da hospedagem no Booking é de 9.2/2.373 avaliações. 

Safir Dahab Resort

Outra opção no estilo luxuoso com uma estrutura de resort é o Safir Dahab Resort.

O hotel conta com diárias a partir de 72 EUR com café da manhã ou 85 EUR em sistema half board. Os quartos são totalmente equipados. 

Além disso, o resort tem uma vista panorâmica para o Mar Vermelho, piscina, dois restaurantes e dois bares à disposição dos hóspedes. 

Ainda, é possível alugar carro ou organizar atividades como mergulho, windsurfing ou tênis.

Contudo, assim como o Jaz Dahabeya, o Safir Dahab Resort fica mais distante do centro da cidade (média de 3 km), dificultando o fácil acesso à cidade.

A avaliação no Booking para essa acomodação é de 9.1/377 avaliações.

Booking.com

O que fazer em Dahab, Egito?

Se você já ouviu falar sobre essa região do Egito, deve saber que Dahab é bem conhecida por ser uma zona com ótimos lugares para mergulho, sendo essa atividade uma das mais buscadas por turistas que visitam o local.

Mas para além disso, existem muitas outras opções do que fazer em Dahab. Veja!

Fazer mergulho no Blue Hole

Se você já é acostumado a fazer mergulho ou tem certificações, provavelmente já ouviu falar do Blue Hole. 

Esse é um local de mergulho muito famoso para quem gosta de mergulhar e está localizado em Dahab. 

Mas, ao mesmo tempo que é o paraíso dos mergulhadores, é também o pesadelo.

Isso acontece porque o Blue Hole é considerado um dos locais mais perigosos para mergulho.

Não é atoa que o local é conhecido como Cemitério dos Mergulhadores, justamente por ter sido responsável por centenas de mortes de mergulhadores.

O que atrai tanta gente é O Arco, que basicamente é um túnel muito desafiador de mergulhar, que leva diretamente ao oceano aberto. 

Ele tem aproximadamente 26 m de comprimento, mas é recomendado (com muitas ressalvas) apenas para mergulhadores técnicos e profissionais. 

O Blue Hole é o local mais conhecido para mergulho, mas dizem que não é o mais bonito da região.

A cidade possui dezenas de agências de mergulho com preços muito mais acessíveis do que em outras regiões do mundo onde o mergulho é uma atividade popular. 

Inclusive, se você quiser se certificar como mergulhador, você pode fazer o curso com alguma das agências da cidade.

Eu particularmente não me sinto tão atraída por mergulho pois tenho dificuldades respiratórias, mas fica aí a dica para quem se interessa por essa atividade. 

As agências também fazem passeios para o Blue Hole, que custam a partir de 15 USD + 10 USD de entrada.

Subir o Monte Sinai

Além do mergulho, a cidade também serve como base para quem quer fazer o bate-volta para o Monte Sinai. 

A montanha é considerada sagrada por acreditar-se que foi o local onde Moisés recebeu os Dez Mandamentos de Deus.

Assim, muitos peregrinos e viajantes do mundo todo, vão até essa região do Egito fazer a trilha para o Monte Sinai. 

Em Dahab existem várias agências de turismo que oferecem o serviço completo com transporte de ida e volta, entrada no parque e o guia. 

Os passeios começam por volta das 22h e o retorno é só no outro dia, por volta das 11h da manhã.

O objetivo é ir ao local, fazer a trilha, que dura em média 2h30 para subir com tranquilidade, e assistir o nascer do sol de lá de cima. 

Nós pagamos 20 EUR com tudo incluso e fizemos o passeio com a agência Wolf Safari. Detalhei nesse artigo como foi minha experiência subindo o Monte Sinai desde Dahab.

Assim, na sua ida à Dahab, recomendo que tire um dia para fazer esse passeio, pois vale muito a pena a experiência. É um local realmente especial!

Experimentar kitesurfing ou windsurfing

Além de atrair mergulhadores, Dahab, Egito, também atrai muitos turistas interessados em fazer kitesurfing ou windsurfing. 

A cidade tem em média 300 dias de vento por ano, sendo ideal para quem pratica estes esportes. É realmente o paraíso dos esportes aquáticos!

Assim, se você curte ou tem curiosidade, vale a pena testar, já que os preços no Egito são bem convidativos.

Você também encontrará várias opções de agências que oferecem o serviço na cidade.

Curtir as praias da região

Se sua vibe é só “ficar de boa”, Dahab também conta com praias lindas nas redondezas da cidade. 

O interessante é que, mesmo eu tendo ido no inverno e ter ventado muito, deu para curtir as praias e pegar um sol.

Acredito que as estações de outono e primavera devem ser mais ideais para fugir das praias lotadas e não pegar o calorzão que faz no Egito no verão, e nem sofrer com o (leve) frio no inverno. 

De qualquer forma, vale a pena aproveitar as praias da região e curtir o Mar Vermelho.

Alugar uma bicicleta para conhecer as redondezas

Se você me acompanha há algum tempo, deve saber que eu amo andar de bicicleta e que qualquer oportunidade de pedalar que eu tenha, eu aproveito. 

Em Dahab eu tive, então pedalei bastante! Aluguei uma bicicleta por 80 EGP por 12h e passeei pela cidade e redondezas, sem muito roteiro. 

Você também pode alugar uma bicicleta para conhecer as praias ao redor de Dahab e se locomover com mais facilidade pela cidade.

Algumas opções que avaliei foram:

  • The Rock (do lado do nosso Hostel): custava 100 EGP por 12 horas;
  • Safari One: custava 100 EGP por 1 dia ou 300 EGP por 5 dias;
  • Izzy Bike: custava 80 EGP por 12 horas (minha opção). 

Ir aos cafés e restaurantes da cidade

Se você é nômade digital, saiba que Dahab conta com vários cafés deliciosos para trabalhar, embora nem todos contem com bom wifi. 

Então, se na sua estadia pela cidade, você precisar de uns dias para trabalhar, vale a pena experimentar os cafés pela cidade. Minha recomendação especial é o Everyday Cafe, que contava com excelente sinal de internet e ficava na beira do mar.

Além disso, algumas sugestões de restaurante que fui quando estive lá e recomendo são:

  • Tango: tem uma massa deliciosa tamanho L (serve bem duas pessoas). Provei a de molho branco, cogumelos e vegetais por 80 EGP.
  • Everyday Café: o melhor Om Ali que comi em toda a viagem pelo Egito. Custou 65 EGP com uma bola de sorvete.
  • Meya Meya: lugar onde tomei o melhor chá de ervas.
  • Extra: o “tiozinho” que vende koshari (25 EGP) em um carrinho na rua principal. Vale a pena!

Vale a pena conhecer Dahab, Egito?

Praia em Dahab, Egito

Dahab foi com certeza um dos lugares que mais gostei no Egito e também o que mais tinha expectativas de conhecer.

Foi, ainda, o lugar que mais me senti à vontade para usar short ou biquíni, já que é uma cidade mais tranquila em relação a outros lugares do Egito. 

Então, sim. Eu recomendo a visita, mas talvez em outra estação do ano daria para ter aproveitado mais as praias e todas as atividades disponíveis na região. 

De qualquer forma, é um ótimo lugar para passar alguns dias da sua viagem, principalmente se você quer subir o Monte Sinai. 

Nesse vídeo mostro como foram meus dias em Dahab, onde fiquei uma semana inteira!

Curtiu as dicas sobre Dahab, Egito? Se sim, acredito que você vai adorar ler os outros artigos completos que fiz sobre a minha ida ao Egito. Confira aqui e até o próximo!

Índice

Artigos + Recentes

Conheça o Chile!

Fazemos Parte

Siga no Instagram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *