Não há mais nenhuma novidade em dizer que boa parte do mundo está de quarentena e sem poder sair de casa – que dirá viajar! Já se passaram três meses desde que a OMS declarou Pandemia do Covid-19 e as opções restantes do que fazer ou ver na internet vão ficando cada vez mais escassas.

Por isso me chamou a atenção quando recebi um email sugerindo fazer uma visita online ao museu Anne Frank (que eu sou louca pra conhecer). De curiosidade busquei no Google por outras opções de museus com visita virtual e, pra minha grata surpresa, descobri vários.

Por isso fuxiquei alguns deles, fiz uma seleção de dicas pra trazer pra vocês, e separei entre museus brasileiros ou do exterior. Boa quarentena a todos!

Museus com visita virtual no Brasil

1- Pinacoteca de São Paulo

Um dos principais museus de São Paulo, a Pinacoteca disponibiliza não só seu acervo, mas o próprio espaço do museu digitalizados há alguns anos em sua visita virtual. É impossível negar. As imagens panorâmicas e o uso de realidade virtual criam uma experiência imersiva no ambiente do museu.

2- Inhotim

Localizado em Brumadinho, Minas Gerais, possui uma coleção de arte contemporânea mundialmente reconhecida e conta com mais de 700 trabalhos de cerca 200 artistas de diferentes países do mundo. O espaço é lindo, muito arborizado. E na visita virtual você pode conferir as exposições, as principais obras de arte e também pode fazer uma visita virtual ao suntuoso jardim e à galeria a céu aberto.

3- Museu do Amanhã

Essa obra arquitetônica moderníssima fica no Rio de Janeiro e eu sou até suspeita para falar. Amei todas as visitas que fiz. O Museu do Amanhã aborda grandes questões atuais e como elas impactam nosso futuro. Entre exposições virtuais sobre sustentabilidade, a matemática da natureza, astronomia e galerias de fotos incríveis, é possível ainda visitar virtualmente o interior do museu.

Museus com visita virtual no exterior

4- Casa Anne Frank

Esse museu, que fica em Amsterdam, na Holanda, atrai milhares de visitas todos os anos para conhecer a história dessa jovem menina judia. Famosa pelo diário que escreveu durante a Segunda Guerra Mundial, a história de Anne é contada e vivenciada na casa onde ela e a família se esconderam entre 1942 e 1944. Os seus marcantes relatos e os detalhes vividos durante o nazismo fazem parte do acervo disponível no museu – que recebe mais de 1 milhão de pessoas por ano. Para uma experiência ainda mais completa, não deixe de ler o livro Diário de Anne Frank. É arrepiante, impossível não se emocionar.

5- Louvre

Que tal uma viajadinha até Paris e sem nem precisar levantar do sofá? Pois bem, o maior museu de arte do mundo disponibiliza algumas de suas exposições para visitas online, assim como é possível assistir alguns concertos. Até mesmo a icônica Mona Lisa, de Leonardo Da Vinci, está na programação online do museu. Os aplicativos “Mona Lisa: Beyond the Glass” (para Android, baixe aqui) ou “La Joconde en VR” (para iOS, baixe aqui) oferecem uma experiência em realidade virtual envolvendo esse quadro misterioso.

6- Metropolitan Museum of Art

O Metropolitan é um dos maiores e mais completos museus de Nova Iorque – e por isso é parada obrigatória dos turistas que visitam a cidade. E não é para menos. O museu vale horas de passeio pessoalmente e também online. Na visita virtual você percorre o Metropolitan em 360º.

7- Museu do Vaticano

Você já tinha pensado na possibilidade de visitar a Capela Sistina sem ter que disputar espaço com milhares de outros turistas? Eu estive pessoalmente visitando o Vaticano e afirmo que ver de perto tamanha obra de arte é de deixar qualquer um sem palavras. Mas fazendo a visita virtual pude me atentar muito mais aos detalhes. Portanto, vale bastante a pena dedicar uns minutinhos a esse passeio online.

8- Museu Frida Kahlo

Também conhecido como La Casa Azul, fica na Cidade do México e é dedicado à vida e obra da pintora, uma das maiores artistas plásticas do país. Além disso, é a casa onde ela nasceu e morreu. Faz muito tempo que sou uma admiradora de Frida Kahlo e tenho muita vontade de conhecer esse museu pessoalmente. Fazer um passeio virtual pelo seu interior e acervo aumentou ainda mais essa vontade, já que dá a impressão de estar de verdade andando pela casa.

Que tal?

E você? Tem alguma dica de museu pelo mundo que oferece visitas virtuais? Deixa a dica aqui nos comentários!

Não perca! Aqui no blog também tá rolando a série Diários da Pandemia

Deixe uma Resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui