Clubhouse Rio, localizado discretamente entre Copacabana e Ipanema, abre seu restaurante ao público

0

O Clubhouse Rio é um hotel boutique do Rio de Janeiro com apenas cinco suítes escondidinho entre Ipanema e Copacabana, super discreto e com uma proposta bastante interessante. Com uma decoração muito criativa, mistura arte e design em uma construção dos anos 1940 e num ambiente acolhedor próximo ao Cantagalo, na rua Saint Roman – fica bem pertinho do metrô General Osório.

Além do Rio, é possível encontrar Clubhouses também em Buenos Aires, Londres, Toronto, Hong Kong e Madri. E ele funciona como um clube urbano onde um número limitado de membros pagam uma taxa anual para ter acesso a essas hospedagens e seus restaurantes. E não é fácil se tornar membro. Primeiro você precisa ser indicado por outros dois existentes membros. Aí então receberá um formulário a ser preenchido e depois fará uma entrevista rápida e mais informal. Uma vez por mês esse processo é realizado. Isso garante maior exclusividade aos membros.

E a boa novidade é que o restaurante do Clubhouse Rio, agora que completou um ano de sua inauguração, está abrindo suas portas ao público geral mediante reserva. Eu estive lá esse mês para conhecer o espaço e adorei o clima, a música ambiente, a vista, os drinks, as comidinhas. Achei perfeito para um jantar a dois, ou mesmo para um drink entre amigos em um ambiente despojado, mas ao mesmo tempo muitíssimo requintado.

clubhouse-riodejaneiro5

Quem assina o cardápio é o chef francês Yann Kamps, que já trabalhou no renomado Irajá Gastro. O menu é atualizado frequentemente, mas alguns pratos, por serem os mais famosos, se tornaram fixos. Não deixe de experimentar os burgers da casa. São espetaculares e têm um toque que amo: misturam doce e salgado! Mas não se deixe levar pela foto que apresento aqui. A versão tradicional é beeem maior, rsrs. Essa aqui foi apenas uma apresentação para nós. Já que estávamos lá para conhecer o menu, várias porções menores foram preparadas para que pudéssemos experimentar diferentes pratos.

clubhouse-riodejaneiro7

Também gostei muito dos dadinhos de tapioca com geleia de pimenta e o polvo com spaghetti de vegetais.

Os drinks da casa também merecem uma atenção especial. Preparados pelo barman Fernando Fadel, eram bem criativos. O meu preferido levava melão, laranja, capim limão, gengibre e Buscavida de cachaça, mel e limão. Surpreendente!

clubhouse-riodejaneiro6

O Clubhouse Rio é um lugar excelente para comemorações e eventos, justamente por ter um clima tão reservado e por seu charme. Mas fique de olho também nos eventos que eles próprios costumam organizar lá, como jantares privativos com chefs internacionais, exibição de filmes, exposição de artes e pool parties {quem me conhece sabe que já estou de olho para ir a uma delas!}. Dá pra acompanhar pela Fanpage deles.

Aliás, a área da piscina é lindíssima! E eu já soube que no ano passado rolou uma festa de ano novo por lá super animada e com vista para os fogos. Esse ano essa festa vai rolar de novo. Fique de olho quando começarem as vendas!

clubhouse-riodejaneiro

Ainda quero voltar lá também para me hospedar, pois conheci alguns dos quartos e me apaixonei pela decoração e pelo estilo único e exclusivo – já que o hotel também é aberto a não membros.

Aliás, se você ficou curioso sobe o preço para se tornar membro do Clubhouse, confira aqui:

  • Individual – R$ 4500/ano
  • Menos de 30 anos – R$ 3600/ano
  • Casais – R$ 6500/ano

Todos os membros têm acesso aos outros clubes que citei anteriormente – Madri, Buenos Aires, Toronto, Hong Kong, Londres.

clubhouse-riodejaneiro8

Para fazer sua reserva no Clubhouse Rio, clique aqui.

Para pesquisar opções de hospedagem no Rio, clique aqui!

E leia mais sobre o Rio de Janeiro:

Que tal 77 dicas do que fazer no Rio de Janeiro?

Conheça o Entretapas, restaurante espanhol em Botafogo

Conheça o Casarão 1903, com uma carta de mais de 160 cervejas artesanais e importadas

Nesse post eu falo sobre mais 5 restaurantes tops em Botafogo

Carla Boechat é jornalista, mestranda, curiosa que só, carioca da clara, inquieta e turista por vocação - e criação. Sempre com a mochila e um sorriso prontos, aposta que toda estrada pode esconder uma dica em potencial. E aqui é assim: se ela foi e gostou, virou post!

Leave A Reply