77 dicas do que fazer no Rio de Janeiro – pra ninguém ficar em casa!

123

Nesse período de despedida temporária do Rio, já está batendo um baita saudosismo. Essa semana fiquei pensando quais seriam as coisas que eu mais ia sentir falta nesse período morando fora – e ainda mais que venho recebendo alguns emails de leitores me pedindo dicas do que fazer no Rio. A cada vez que vou responder, parece que não vai ter fim! O Rio tem muitoooo a oferecer. Então tentei juntar os principais, para mim, numa lista – não há uma ordem de preferência, simplesmente porque não seria justo. Tomem nota e aproveitem! 😀

1. Suba a trilha do Morro da Urca, que tem início na Pista Cláudio Coutinho, na Urca, entre de graça nesse ponto turístico e desça, também de graça, no último bondinho no fim da tarde Update: o bondinho só para descer não é mais gratuito, mas sai mais barato que comprar ida e volta (agora eles estão cobrando entre R$10 e R$20 para descer, mas a entrada no Morro da Urca continua sendo gratuita para quem chega por trilha. Se quiser economizar essa graninha, é só retornar pela mesma trilha, que é bem tranquila)

2. Fuja da praia de Copacabana e encare a distância até a Prainha, do outro lado do Rio, longe pra caramba, mas linda – vá cedo, pois há limite de pessoas e carros

3. Se a Prainha for muito longe pra você, ainda assim fuja de Copacabana (turístico demais), pegue praia no posto 12 no Leblon e alugue sua cadeira na Barraca da Vanda – um dos metros quadrados mais bonitos do Rio

4. Estando nas praias de Ipanema ou Leblon, compre o sucolé do Claudinho – o serviço é ambulante nas areias mesmo, tem que ficar de olho e de ouvido em pé

5. Se estiver na Barra da Tijuca e quiser comodidade, pegue praia no Pepê

6. Tome uma cerveja do Bar Urca vendo o pôr do sol na Mureta da Urca – ou em sua versão mais nova, a Pobreta da Urca, com cervejas mais baratas compradas no Bar Urca Grill, logo ao lado e com a mesma vista maravilhosa

7. Curta um Happy hour no Brasserie Rosário, no Centro, numa quinta à noite ao som de jazz

8. Atravesse de barca para Niterói num fim-de-semana, tome um taxi (ou ônibus, é bem perto) e vá até o Museu de Arte Contemporânea (MAC), projetado por Oscar Niemeyer

9. Após conhecer o MAC e antes de retornar ao Rio, almoce na Gruta de Santo Antônio, ainda no centro de Niterói – é um dos melhores restaurantes portugueses do estado. Falo sobre esse restaurante nesse post

Pesquise opções de hospedagem em Niterói com os melhores preços aqui

Leia aqui minha experiência no H Niteroi, hotel com uma infinity pool incrível

10. Tome qualquer sorvete do Sorvete Itália – tá, vou indicar: meus preferidos são todos da linha Gold, o de doce de leite com torta alemã, o de brownie e o de macadâmia crocante (tem várias unidades espalhadas pelo Rio)

11. Dê uma volta na Lagoa Rodrigo de Freitas – com roupas confortáveis, lá não precisa ir todo arrumado

12. Aliás, no Rio você não precisa andar mega arrumado. Aproveite pra relaxar. Se você chegar de chinelo de dedo em um restaurante legal, terá o mesmo atendimento que qualquer outra pessoa ali

13. Vá a qualquer exposição no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), no Centro (às vezes tem Picasso, às vezes tem Dali, fique de olho)

14. Saia do CCBB e dê um pulinho na Candelária, logo do outro lado da rua

15. Depois do CCBB e da Candelária, se for um domingo, vá almoçar no Restaurante Cais do Oriente, no Centro, ao som de chorinho ao vivo (na sexta à noite também tem)

16. Se for um sábado, curta os barzinhos e o samba que rola no meio da rua, no Arco do Teles, também ali no Centro – começa no meio da tarde (na quinta, pós trabalho, também rola um samba por lá)

17. Ainda no Centro, entre nas muitas igrejinhas históricas espalhadas por lá

18. Aplauda o pôr do sol nas pedras do Arpoador

19. Se for uma segunda, vá ao samba de rua da Pedra do Sal

20. Se for sexta, vá ao samba do Santa Luzia

21. Tome uma cerveja no Bar do Gomez (falo dele nesse post), depois coma uma feijoada no Bar do Mineiro, desça as ruas entrando nas galerias de arte e termine baixando pela Escadaria Selarón – tudo no bairro de Santa Teresa

22. Se for fim de tarde, curta um samba tomando cerveja de garrafa a preço justo e dançando com a dona mais alto astral de todas no Bar da Fatinha, lugar simples e animado em Santa Teresa, frequentado pelos locais e por amigos

23. Vá ao Parque das Ruínas (vista linda do Rio!) e à Chácara do Céu, ambos um ao lado do outro, em Santa Teresa – nesse post tem dicas do que fazer em um dia em Santa Teresa

24. Aliás, se hospede em Santa Teresa – nesse link tem várias dicas de onde ficar lá

Pesquise e reserve aqui sua hospedagem com os melhores preços no Rio de Janeiro!

25. Coma o bolinho de catupiry com camarão do Veloso, no Leblon

26. Assista um pôr do sol tomando um drink no Espaço 7zero6, na super cobertura do Praia Ipanema Hotel

27. Faça a trilha da Pedra Bonita e admire o Rio de cima

28. Se a sua disposição for muito grande, faça a trilha do Cristo começando pelo Parque Lage, no Jardim Botânico. Falo sobre ela nesse post.

29. Mas se você for o highlander das trilhas, faça a da Pedra da Gávea e aprecie um Rio maravilhoso enquanto se sente o mais insuperável dos seres

30. Tome um suco de uva com cacau no Balada Mix (tem vários no Rio, na Barra, Ipanema, Leblon…)

31. Passeie pelo Jardim Botânico e depois tome um café no cantinho francês La Byciclette, lá dentro mesmo

32. Tome uma caipirinha de caju num fim de tarde no Astor, no Arpoador

33. Alugue uma bike do Itau e passeie pela orla da Zona Sul – se for um domingo, melhor ainda, pois eles fecham uma das pistas de carros para atividades ao ar livre

34. Tome uma caipirinha de caju com limão no Kiosque do Português

35. Faça stand up paddle no posto 6 em Copacabana às 6h da manhã – horário em que o mar está menos batido

36. Depois do standup, tome café da manhã na Confeitaria Colombo do Forte de Copacabana

37. Coma a enorme coxinha de camarão VG da Confeitaria Colombo do Centro – a mais tradicional e um espetáculo de lugar

38. Jante sobre um chão de vidro com um aquário cheio de peixes logo embaixo no Yumê, restaurante japonês no Horto

39. Coma o Brownie do Luiz – a loja principal fica em Laranjeiras, mas dá pra achar o potinho na maioria dos Postos Ipiranga

40. Coma uma torta integral de banana orgânica com café coado no Café e Prosa Bistrô, em Botafogo

41. Entre em qualquer Livraria da Travessa (há algumas pela cidade) e perca a hora

42. Vá ao novíssimo Museu de Arte do Rio (MAR), na região portuária

43. Suba a comunidade Santa Marta, em Botafogo, pacificada desde 2008 – é a mais tranquila para se conhecer e há guias fazendo o percurso. Indico DEMAIS a Gaby da Rio2Explore, guia turística excelente no Rio. Ela é uma simpatia e sabe muito sobre a história do Rio. Ela faz vááários tours ótimos na Cidade Maravilhosa (tanto em grupo, como particulares). Veja a programação e entre em contato com ela aqui.

Compre aqui seu seguro viagem e viaje tranquilo! Os leitores do blog têm 5% de desconto na Real Seguros 😀

Fui, gostei, contei 728x90_720

44. Coma o bolo de chocolate do Colher de Pau, no Leblon – peça com bastante calda

45. Coma uma massa maravilhosa e baratinha na Cantina Donanna, restaurante italiano simples, tradicional e frequentado pelos locais em Copacabana

46. Coma qualquer coisa do cardápio do restaurante Joaquina, na Cobal do Humaitá – nunca errei um pedido lá, mas meu preferido é o risoto de camarão com rúcula

47. Saia da Zona Sul e tome uma cerveja com um dos famosos petiscos dos bares badalados da Praça da Bandeira – tem o Bar da Frente, o Botto Bar, o Aconchego Carioca. É só escolher

48. Vá ao teatro do Shopping da Gávea – não sou muito de shopping, mas esse é o meu shopping preferido no Rio

49. Vá a qualquer apresentação no Theatro Municipal – o lugar em si já vale a visita

50. Tome o chopp de banana do Banana Jack, na praça General Osório, em Ipanema

51. Tome um café da manhã no Parque Lage, no bairro Jardim Botânico52. Coma o pastel de camarão do Belmonte (o recheio é simplesmente muito camarão e só, sem molhos), com um chopp bem gelado (há vários Belmonte no Rio, mas o que vem bombando mais é o do Leblon)

53. Atravesse de barca para Paquetá e curta uma tarde se sentindo numa cidade pequena

54. Atravesse de barquinho para a Ilha da Gigóia, em meio à Barra da Tijuca, e sinta como se tivesse voltado algumas décadas

55. Tome uma cerveja em qualquer bar da Praça São Salvador, em Laranjeiras (à noite nos fins de semana fica lotado)

56. Vá à feirinha da Rua do Lavradio, todo primeiro sábado do mês na Lapa

57. Por falar na Lapa, curta uma noite por lá (pode ser na rua mesmo, sempre cheia aos fins de semana, ou nos muitos bares de lá)

58. Tome um chopp no Bar Luiz, no Centro, um dos mais antigos do Rio

59. Tome um chopp em pé nas mesas altinhas do lado de fora do Jobi, no Leblon, reduto da história da MPB no Rio

60. Esbarre com uma celebridade no Jobi – ou em qualquer esquina desse Rio – e não peça pra tirar foto: aja como se fosse a coisa mais normal do mundo

Conheça e reserve os melhores hostels do Rio de Janeiro clicando aqui!

61. Depois do Jobi, coma uma fatia de pizza (das que ficam na vitrine mesmo) na Pizzaria Guanabara, também no Leblon (a unidade da Lapa não é legal). Acompanhada de um chopp, claro

62. Dance forró na Feira de são Cristóvão (e coma todas aquelas delícias nordestinas de lá) – na última vez em que fui, a entrada custava apenas R$2

63. Vá à feirinha hippie de domingo na Praça General Osório, em Ipanema

64. Vá de metrô pra um jogo no Maracanã e tome uma cerveja clandestina nas ruas próximas do estádio

65. Faça um piquenique no gramado da Lagoa Rodrigo de Freitas – se achar complicado, simplifique: leve apenas uma canga, vinho e petiscos (só no verão que não é uma boa, pois faz muito calor)

66. Coma um hambúrguer super gourmet no T.T. Burguer, no Arpoador – o pão é feito de batata doce, o catchup é de goiabada, o picles é de chuchu crocante – mais brasileiro impossível!

67. Vá a um show incrível de Jazz na The Maze, no alto da favela Tavares Bastos, no Catete. Acontece toda primeira sexta-feira do mês, tem que subir na kombi ou moto da comunidade, é um lugar super pacífico, não é baratinho (R$40 pra entrar) e tem uma das vistas mais lindas do Rio – além do lugar em si ser absolutamente surpreendente

68. Faça aula gratuita de yoga na Praia de Ipanema – é só chegar com sua canga e se juntar à turma. Rola domingo sim, domingo não, nas areias em frente à rua Teixeira de Melo

69. Veja um filme diferente num dos cinemas Estação, em Botafogo

70. Conheça o Museu Histórico Nacional, a poucos passos do Aeroporto Santos Dumont, no Centro do Rio – dentro do museu também tem um ótimo restaurante

71. Leia um jornal (um livro, uma revista, whatever) nos jardins da Casa de Rui Barbosa, em Botafogo

72. Vá à Bibliotecas Parque, no Centro – é novinha e enooooorme

73. Tome o Frescão do Rei do Mate – mistura de mate com suco de abacaxi e menta (tem várias lojas espalhadas pelo Rio). Delíciaaaa!

74. Coma o croissant integral de chocolate do Mega Matte – vai por mim, pede logo o combo que vem com três (tem várias lojas espalhadas pelo Rio)! E cuidado pra não se sujar todo com o recheio!

75. Passeie pelo Aterro do Flamengo num domingo – quando as pistas para carro estão fechadas

76. Faça amigos de uma vida numa conversa de 5 minutos no bar, na praia, na rua

77. Fale mal de paulistas. Depois peça ajuda a eles para montar sua lista com 77 dicas do que fazer no Rio 😀

Lista elaborada com a colaboração do meu amigo Max, um paulista que sabe mais de Rio que muito carioca por aí. Faltou nesta lista o nosso cinema na Casa Daros, o programa imperdível que nunca saiu dos nossos planos de whatsapp – e que infelizmente não vai virar dica aqui porque esse museu incrível está para fechar as portas. Fuén, fuén, fuén, fuénnnn. Thanks pela ajuda de sempre, Maxi!!!

Não deixe de fazer sua reserva de acomodação no Rio com antecedência e garanta os melhores preços pelo Booking.com, o maior site de reservas de hotéis do mundo e parceiro do blog!

E vocês, alguma dica pra acrescentar? Algum lugarzinho mais discreto que vocês frequentam? Algum hotspot que ficou de fora? Compartilha comigo nos comentários, vai!!! 😀

Carla Boechat é jornalista, mestranda, curiosa que só, carioca da clara, inquieta e turista por vocação - e criação. Sempre com a mochila e um sorriso prontos, aposta que toda estrada pode esconder uma dica em potencial. E aqui é assim: se ela foi e gostou, virou post!

Discussion123 Comentários

  1. Oi Carla! Adorei as dicas do seu post! Tenho uma viagem pro Rio em Outubro e quero passear pelo centro MAR, Morro da Conceição, Confeitaria Colombo, CCBB, etc. Vou numa sexta-feira, mas fiquei um pouco com receio por estar sozinha. Você sabe se é tranquilo fazer esses trajetos/passeios a pé e sozinha?
    Obrigada!

    • Ei Carolina! CCBB e Colombo acho tranquilo sim (só, claro, tendo as precauções q sempre se deve ter em cidadea grandes), ja fiz esse trajeto muitas vezes sozinha. Dali para o MAR não é tão pertinho para ir andando, eu tomaria um taxi, não vai ficar caro. Já o Morro da Conceição não sei te dizer… Mas seria legal vc ver um guia. Conheço uma guia maravilhosa no Rio e com preços bem acessíveis, que é a Gaby do Rio2Explore (tem pág no facebook!). Ela sempre leva turistas às comunidades, pode ser uma boa opção pra vc e bem segura.
      Espero ter ajudado. Boa viagem e curta muito seus dias no Rio!

  2. Opa! Fala ai! Tudo bom?
    Gostei bastante da sua lista, muito valido seguir suas dicas.
    Acho que você pode tentar no Rio e add na sua lista o Bondinho de Santa Teresa.
    Eles foram reabertos recentemente e é um passeio muito bom de se fazer.
    Uma outra dica é conhecer alguma coisa relacionado ao carnaval, ex: quadra de samba da Mangueira, Salgueiro, Grande Rio, Beija Flor… Ou a Cidade do Samba na Gamboa ou ate mesmo o Sambodramo.

    Fica a dica!

    Bjao!!

  3. Olá!
    Recomendo incluir uma paradinha no Angu do Gomes, no Largo São Francisco da Prainha. Vc pode escolher um angu tradicional ou uma das opções deliciosas que tem por lá: calabresa ou arne moída.Todos mt bons!
    Vale ainda uma visita no Bar Imaculada, onde as caipirinhas são divinas. Recomendo experimentarem a de tangerina. Mas é possível encontrar sabores inusitados, para aqueles que curtem coisas mais exóticas, como a caipirinha de couve, rs! Fica na Ladeira João Homem, comecinho do Morro da Conceição, vc sente como se estivesse voltando ao passado. O lugar é bucólico e histórico. Vale mt a pena! ?

  4. Olá Carla! Sobre comunidade, visual (por do sol maravilhoso),drinks e belisquetes incríveis adorei conhecer o Bar do Alto, morro da Babilônia, no leme. Peça o chope do Alto, é uma delícia. Se não me engano já ganhou algum prêmio Veja rio. Dicas bem maneiras as tuas!! Obrigada

  5. Tb gostei mt das dicas!! E ainda acrescentaria: Ir ao Biblioteca Nacional, Museu Nacional de Belas Artes, Quinta da Boa Vista, andar de bondinho sobre os Arcos da Lapa e parque da Floresta da Tijuca. Desculpe se estiver repetido e não reparei se já tinha 🙂

  6. Faltou o Samba do Trabalhador, às segundas-feiras, no Clube Renascença, no Andaraí (nem só de Zona Sul vive o Rio de Janeiro!). A partir das 16h, rola uma das melhores e mais animadas rodas de samba da cidade, sob o comando do Moacyr Luz. E a entrada custa só R$ 10.

  7. Muito boas as dicas, Carla! Para complementar acho que faltaram algumas trilhas tais como Pedra do Telégrafo, Pedra da Tartaruga (ambas em Guaratiba), Morro Dois Irmãos, Trilha do Chuveiro e sua cachoeira e outras da Floresta da Tijuca. Outras atividades interessantes são o Forte do Leme, Quinta da Boavista e Ilha Fiscal.
    Vou aproveitar algumas dicas suas também e escrever e publicar no blog http://www.viajantevirtuoso.blogspot.com.br

    Sds,

    Marcelo

  8. Caso for ao centro, leve uma bolsa bem pequena e deixe colar, brinco, pulseira e maquiagem de lado. Va de uma forma que passe desapercebida. E se gostar de Igreja, indico o Mosteiro de São Bento, que se não me engano mistura neoclássico com barroco.
    De preferência para ir ao centro em dia de semana e trilha no fim de semana. Indico Pico da Tijuca, pois a trilha é super sinalizada e movimentada. Bom passeio!

    • Ei Flavia! Muito boa a dica de como se vestir no centro. Cordão de ouro é item proibido por lá.
      Obrigada por ajudar com suas dicas, tô pensando em fazer um post complementar com as dicas dos leitores. Tô adorando! 😀

  9. Oi Carla, tudo bem?
    Obrigado pelas dicas, pretendo ir para o Rj no começo do ano, certamente farei muitas coisas que disse aqui.
    Mas me fale uma coisa, não sei se é ignorância da minha parte, mas posso andar tranquilamente pelas praias de Ipanema, Leblon, Copacabana a noite? Provavelmente andarei a pé por lá, por conta do táxi ser bem caro hehe… Mas to preocupado com a segurança…
    Obrigado desde já

    • Ei Lincon! Ando muito a pé por ali também, porque é prático e há muito o q ver e fazer. Sempre me senti segura, só recomendo q não use nada chamando atenção (como cordão de ouro e/ou câmera no pescoço), em especial na orla.
      Morei no Rio 11 anos, 2 deles em Copa. Estando alerta e não andando por lugares escuros e sem movimento, vc estará mais tranquilo.
      Espero ter ajudado! Uma excelente viagem e se precisar de mais alguma dica, só comentar aqui.
      Beijos

  10. Olha, realmente o rio de Janeiro é lindo e o que não falta é coisa para fazer, mas vamos ser sinceros. Qual a probabilidade de eu, depois de entrar numa maratona das suas 77 dicas, termine com celular e dinheiro em mãos?

    • Oi Raphael! Obrigada pela visita.
      Nesse caso vc tem duas opções (q valem não só pro Rio, mas pra qualquer cidade grande no mundo todo): ficar em casa e não ter essa preocupação, ou escolher algumas dicas q tenham o seu perfil (vamos ser sinceros, essa maratona pelas 77 dicas de uma só vez q vc está propondo não faz sentido para um ser humano normal), sair para conhecer a cidade, estar alerta e tomar os cuidados q se toma em qualquer grande centro. Particularmente, prefiro a segunda opção. Mas cada um sabe por si 🙂
      Beijos

  11. Sou carioca e adorei as dicas!!! Acrescentaria as praias de Niterói, como Itacoatiara e praia do Sossego(que tem que descer uma pequena trilha pra chegar, lugar mágico, um pedaço de paraíso. E no Rio, a Quinta da Boa Vista!!!!

  12. Faltou o parque da cidade em niteroi… Perfeito, ótima vista da cidade sorriso e de graça… Ainda lá tem salto de asa delta com instrutor

  13. Boa seleção de o que fazer no Rio! Acho que vale a pena complementar a lista com:
    – Paineiras
    – Vista Chinesa, Mesa do Imperador, Cachoeira da Cascatinha (no caminho para a vista)
    – cachoeira dos primatas
    – cabeceira de pista do aeroporto Santos Dumont
    – praia do Secreto
    – mirante do pasmado, em botafogo
    – coxinha de frango com catupiry ou risole de presunto no Catarina (antigo fornalha)
    – sanduíche de filé mignon com abacaxi no Cervantes

  14. Oi, Carla! Adorei sua lista e acho super válido incluir a Praia da Jotinga nela! Lugar lindo, reservado e cheio de aventura!

  15. Excelentes dicas Carla. Só não entendo esses comentários em relação a furto de celular, carteira, etc.
    Como paulistana a precaução é válida para qualquer cidade turistica, inclusive na Europa, EUA. Isso não é uma particularidade do Rio. Cuidado sim, já os comentários clichês, desnecessário!
    Abs

    • Obrigada, Amanda. Concordo com vc, em qualquer cidade grande necessitamos estar alertas. Mas brasileiro gosta de criticar Brasil. Talvez precisem viajar mais um pouco pra ganhar uma visão mais ampla de mundo. Enquanto isso, sigo exaltando o q temos de melhor 😉 Obrigada pela visita. Um beijo

  16. Oi Carla, não sei se já colocaram no comentário. Mas tem um lugar maravilhoso que é um ponto turístico belíssimo, a Ilha Fiscal só paga 12 a meia, a inteira não lembro, mas funciona todos os dias, vale muito a pena ir .. Compra o ingresso ali perto da praça XV mesmo .. Espero ter ajudado .

  17. Faltou o Bar do Cícero na Ilha Primeira em frente a Ilha da Gigoia na Barra da Tijuca… Melhor pastel de camarão do universo e as melhores moquecas e frutos do mar. Só a ida de chalana já compensa num final de tarde depois da praia do Pepê. O melhor lugar para deixar o carro é no estacionamento da antiga ilha dos pescadores, ao lado da entrada do clube marina. Dali vc pega uma chalana e vai até a ilha primeira.

  18. Oiiii que legal! Alguns lugares ainda ñ frequentei aqui no Rio! Sou de Sampa, mas há 5 anos virei carioca! E olha… a última dica deve estar errada…o certo seria fazer uma lista dos ítens de Sampa. Tudo de bom!!!

  19. Ótimas dicas, ser carioca é realmente um privilégio. Acrescentaria o IMS, na Gávea, perfeito para um passeio de domingo e almoço com amigos nas mesinhas externas. Tem filmes interessantes e boas exposições. Abs!

  20. Ruth lima da silva

    Adoorei as dicas, mas além do costão em Itaqua, tem tb o parque da cidade, onde pode se ver os saltos de parapente, tem tb um bom restaurante e p finalizar, um por do sol divino com vista p região oceânica, para as prais e para Niteroi, com direito a ver o cristo e o pão de açucar.
    Obs: não sei se já haviam dado esa dica, não li tds os comentários.

  21. Olá Carla, dicas preciosas! todos os lugares que pensei já indicaram, ser Carioca é mesmo um privilégio!! valeu mesmo!!! agora tenho uma programação pronta, é só dar uma olhada no tempo, pegar a mochila e partir… a trilha na Gávea já fiz é inesquecível!!

  22. Minha dica: tome uma caipirinha com cachaça Magnífica branca (ou prata) no Portella, no Largo dos Guimarães, em Santa Teresa. Para comer, feijão fradinho com carne sol. Para ouvir, Mariano, cantor de bar com voz de Djavan, sempre nas tardes de e domingo.

  23. Bom dia Carla!
    Parabéns pela lista acho q já vale uma atualização. Segue algumas sugestões para vc conhecer.

    Trilha do perigoso

    Bar do momo na tijuca melhor bolinho de arroz

    PiZzaria do Chico na subida o Santa Tereza

    Rústico um restaurante ao lado do mineiro, tem um clima super gosto é uma variedade de azeites. Tem azeite de carvão maravilhoso.

  24. Carla,

    poderia indicar agencias e/ou guias de confiança, que façam passeios pelo RJ, a preço justo?

    Vou estar no rio semana q vem e gostaria de ir até Paraty, sabe me dizer como chegar até lá, de que maneira?por conta, de ônibus vale a pena?

    • Ai, Lucas! Mil desculpas por estar respondendo com atraso. Andei viajando por alguns países no último mês e com acesso super restrito a internet.
      Espero que tenha curtido muito sua viagem e que pena que não pude te ajudar em tempo…

  25. Sou de Porto Alegre e moro no Rio ha 3 anos.
    Fujo das praias lotadas!
    Boas dicas!
    Gostraia de sugerir também.. !

    – Solar da Imperatriz
    – Estrada do Redentor, Paineiras,
    – Parque da Catacumba
    – Pra quem puder desembolsar uma graninha, uma subida pelo Costão do Pão de Açúcar…

  26. Pingback: Porque você não deve deixar de viajar para a Cidade Maravilhosa (veja estas dicas imperdíveis sobre o que fazer no Rio de Janeiro) | Por onde andamos

  27. Oi Carla, adorei as dicas e já anotei algumas aqui para conferir.

    Com o intuito de enriquecer… Segue como dica imperdível uma ida às sorveterias italianas Venchi e Momo Gelateria, ambas localizadas na rua Dias Ferreira no Leblon. São de enlouquecer!

  28. Oi Carla!
    Acabei de voltar do Rio e fiz um bloquinho com suas dicas por bairros que visitei. Estou retornando aqui para agradecer, pois segui várias delas e foi super proveitoso!! Adorei a Cantina Donanna (pela fachada tímida nunca entraria lá sem sua recomedação). A Fatinha de Santa Teresa é uma figuraça, super animada, e o samba no sábado à tarde foi excelente, parecia que a gente estava numa roda de amigos! Tomei mate, fui ao Banana Jack, tomei sorvete na Sorveteria Itália e aproveitei outros petisquinhos que agora não me lembro. Também fui a programações mais tradicionais que você também indica, como um espetáculo no TMRJ, pôr do sol no Arpoador.. enfim, foi uma semana intensa e maravilhosa! É muito bom dispôr dos segredinhos de quem é de casa, isso fez diferença em nosso roteiro. Um abração!

    • Ei Carolina!
      Poxa, muito obrigada por ter voltado aqui para contar q as dicas foram úteis na sua viagem. Vc fez a minha noite mais feliz! Esse é o melhor resultado q posso ter com o meu blog.
      Q bom q curtiu seus dias no Rio, ele é lindo e a impressão q tenho é q as opções do q fazer não acabam nunca!
      Espero a volte ainda outras vezes para conpletar a listinha e, quem sabe, trazer também algumas dicas pra mim?? 😀
      Um beijo

  29. Olá Carla, estamos indo em casais para RJ este fds, 21 e 22/05, pelo que vejos nas previsões de tempo, anda chovendo muito, ficaremos na região do Tijuca, o que vc me indica para levar de roupas neste período, e uma rota, que possamos fazer em 02 dias

    • Ei, Kele! Sim, esses dias o tempo está esquisito por aqui, meio chuvoso. Recomendo você acompanhar a previsão do tempo para conferir se continuará assim.
      Apesar de nublado, não está tão frio – coisa de uns 22 graus. Acredito que um casaquinho leve dê conta. Mas essa é sempre uma impressão muito pessoal.
      Espero que aproveite muito o seu fim de semana aqui!
      Abraços.

  30. Muito boas as dicas…exceto aquelas que contem “fuja de Copacabana”..kkkkk …eu…urbanóide de carteirinha e amante de uma boa muvuca…sempre procuro justamente Copa pra me hospedar. Adoro ver tanto povo diferente…tanto movimento…tanto tudo!!!
    Beijo!

    • Kkkkkkkkkkkkk É verdade que Copacabana é um lugar ótimo para ver gente de todo jeito e de tudo quanto é lugar, Ana Paula. Isso não dá pra negar mesmo não. Mas pra pegar praia, ainda prefiro fugir de lá! rsrs
      Beijão e obrigada pela visita!

  31. Adorei as dicas, vou ao RJ praticamente todo ano e sempre tem coisas para conhecer, você fez eu lembrar de lugares que tinha esquecido já ou fui há muitos anos, muito obrigado

  32. Nossa achei que fosse brincadeira esse lance de 77, rsss. Você deu um show e conseguiu apresentar a todos o RJ de uma forma alegre, divertida e bem informal, a cara do RJ.
    Parabéns pelo site e pelos inúmeros comentários. Gostaria também indicar uma empresa de confiança para aluguel de van e carros executivos.
    http://www.vamtransportes.com

  33. Carla, fui novamente para o Rio semana passada e antes pesquisei dicas para fazer algo diferente e curtir a cidade como um carioca! Infelizmente não deu tempo de fazer todas as dicas, mas fiz varias e todas com muito sucesso! Tanto que até cariocas amigos meus pediram dicas, rs! Amei, amei e amei! Parabéns =)

    • Ei, Ana!
      então você também já é especialista em Rio de janeiro e já está até dando dicas para os amigos! rsrs
      Que bom q curtiu, fico super feliz!
      Se quiser acrescentar alguma dica aqui nos comentários também, fique super à vontade.
      Beijão

  34. Carla, vou nos próximos dias ao Rio de Janeiro, logo sua dicas as guardo como quem guarda um mapa do tesouro, pois sei que ao final encontrarei apenas alegria e felicidade. GRATO!

    • Olá, Renato! Fico super feliz que o post seja guardado como um mapa do tesouro. Tenha certeza q só encontrará preciosidades aqui ehheeh
      Uma excelente viagem e espero que curta muito!

  35. Pingback: Clubhouse Rio, localizado discretamente entre Copacabana e Ipanema, abre seu restaurante ao público | Fui, gostei, contei | por Carla Boechat

  36. Olá Carla, amei o seu post! Vou para o Rio daqui a duas semanas, e vou aproveitar muitas das suas sugestões. Uma pergunta: você sabe se posso usar o transporte expresso para visitar o parque olímpico? Eu li que seria necessário o Rio Card + ingresso para uma modalidade da olimpiada para aquele dia, mas como irei justo nos dias de intervalo entre os JO e os JPO, acredito que só o Rio Card será suficiente?
    Obrigada!

    • Oie, Mi!
      Nos dias de intervalo você pode utilizar o BRT normalmente, e aestação mais próxima do parque olímpico é a Rio2. Mas o parque olímpico nesses dias está aberto apenas a quem trabalha aqui dentro, somente podendo ser visitado em dias de competições.
      Beijos e ótima viagem!

  37. Oi Carla! Eu tenho uma viagem pro Rio em Dezembro e vi aqui várias de sua dicas que espero muito poder fazer. Algumas delas me chamaram a atenção, como das trilhas, mas uma dúvida, qual delas você me indica??Visto que não sou uma highlander né rsrs, e tbm não conheço o caminho e vou com pessoas que assim como eu não sabem nadica de nada. Adorei as dicas sobre as rodas de samba e barzinhos. Ficarei em Ipanema, tem boas praias lá perto que não sejam tão cheias??? Muito obrigad por dividir suas experiências….Beijoss=)

    • Ei, Nohana!
      Para quem não está tão acostumado a trilhas mais puxadas, eu indicaria a da Pedra Bonita. A vista de lá é linda, e a subida não é tão intensa.
      E a subida dela é bem sinalizada, então não se preocupe quanto a não saber o caminho.
      Olha, sobre as praias.. o Rio de Janeiro estará lotado em dezembro! hehe Então vai ser difícil achar uma praia menos cheia. Minha dica é você tentar ir à praia em dias de semana. Não perca o por do sol no Arpoador, é lindo!
      Um beijo e espero que sua viagem seja maravilhosa!

  38. Não sei se todos sabem (até porque poucos o frequentam), mas além do Parque da Cidade em Niterói, existe o Parque da Cidade no Rio, que também é conhecido como Parque da Gávea. O seu museu acabou de ser reinaugurado e, quando está com alguma exposição interessante, faz a visita valer ainda mais a pena. O parque fica pertinho do Instituto Moreira Salles, dá pra ir a pé de lá, e é de graça! 🙂 Ah, o lugar é perfeito para um pique-nique!

  39. Muito obrigado pelas dicas Carla Boechat! Em outubro estarei à passeio por quatro dias e tentarei aproveitar ao máximo o meu aniversário de casamento!

  40. Olá Carla.

    Sei que seu Post foi escrito faz um ano… Mas se conseguir me ajudar também… Agradeço.

    Vou para o Rio pela primeira vez no começo do ano que vem… Ficarei nos arredores do Aeroporto Santos Dumont…

    O que você indica para visitar em apenas 2 dias? Além do Morro da Urca-Bondinho e Corcovado….

    Obrigado pela ajuda.

    • Oi, Souza.
      Putz, só nesse post tem 77 dicas minhas e mais de 30 dos leitores! Hehehe.. O que não faltam aqui são dicas.
      Mas eu iria à praia, a Santa Teresa, Cristo, boulevard olímpico (a nova área revitalizada do Rio, próxima de onde você estará, e que ainda não aparece como dica aqui ness epost por ser nova), por do sol no Arpoador.
      Espero que curta a sua viagem!
      Beijos

  41. Pingback: Onde ficar no Leblon, Rio de Janeiro: no bem localizado Promenade Palladium | Fui, gostei, contei | por Carla Boechat

  42. Carla! Que post fantastico…
    Sou paulista, então desconsiderei a dica 77, ok? Hahah, brincadeira.
    Estou morando no Rio há 2 meses e adorei as dicas. Tks!
    Eu acrescentaria com uma passada no Palaphita da Lagoa, para assistir ao por do sol, e também a animada noite no Rio Scenarium.

    • Hahahah Ei, Cristiane!
      A 77 foi uma brincadeira com o amigo paulista que me ajudou a montar essa lista e que conhece muito bem o Rio, rsrsrs
      Que bom q gostou das dicas. Sim, o Palaphita é ótimo! E o Rio Scenarium um clássico na Lapa. Boas dicas! Obrigada pela visita 😀

  43. Carla, parabéns pelo post! Só incluiria uma visita ao Planetário da Gávea, para os amantes da astronomia e para os não-amantes também rsrs, e uma outra visita ao AquaRio, o maior aquário da América latina, pertinho do antigo moinho Fluminense…uma quase extensão do Boulevard Olímpico.
    Espero que tenha sido útil.
    Abração.

  44. Bem divertida suas dicas, hoje já tem banana’Jack na Barra.
    Poderia falar também das feijoadas das escolas de samba e do Parque de Madureira.
    Como moradora, não fiz quase nada dessa sua lista, vou tomar notas de algumas… Rs

    • Oi, Margarete!
      O Rio me surpreende com suas opções infinitas do que fazer. Realmente só fica em casa quem quer.
      Obrigada por complementar o post com suas dicas.
      E espero que aproveite bastante as que já estavam aqui 😉

  45. Carla! Além de inteligente, você deve ter uma vibe massa, porque passa isso pelos posts… Tem toda a bagagem nata de uma jornalista. Conheço o Rio e ele é isso tudo que vc falou (só que vc sabe escrever com alma e entusiamo contagiante!). Prabéns pela pessoa que é e pela ajuda aos “navegantes” (da internet)!! 🙂 Saudações de Lauro de Freitas-BA. E quando vier por aqui, posso te dar umas dicas…

    • Beth, visitas e comentários como o seu fazem o trabalho de blogar ser ainda mais prazeroso!
      Muito obrigada pelas suas palavras. A Bahia está nos meus planos para o início do próximo ano sim! Passando por Lauro de Freitas, vou te dar um toque 😉
      Beijos e ótimas viagens para vc!

  46. Olá, ótimo texto e o Rio ainda tem muita coisa além disso, deixo sugestões pra adicionar ai no texto!

    1 – O Museu do Amanhã que abriu em 2016
    2 – o Aquario do Rio que abriu também em 2016
    3 – Alambique Maxicana (fica em Guaratiba, perto de Grumary, eles tem visitação e degustação, é bem legal)
    4 – Museu da CBF (na barra da tijuca), é basicamente um museu da Seleção Brasieleira, coisa de primeiro mundo

    é o que lembrei agora de cabeça hehe

    • Ei, Pedro!
      Dicas tops, obrigada por colaborar aqui nos comentários.. a região portuária está com muitas novidades, né! Estou pensando em fazer um post específico para essa região com as dicas.
      Beijos

  47. Minha dica: ver o nascer do sol do Vidigal ou fazer a trilha do Dois irmãos. Me hospedei em Março no Vidigal e achei fantástico.

  48. Uma sugestão para o samba de segunda é o “Samba do trabalhador” no Renascença clube, começa às 14, mas fica mais animado por volta de 18 e acaba as 22. Sempre samba de qualidade e excelentes atrações! Roda tradicional

  49. Ir ao Rio,Copacabana, e não bater o ponto à noite no Latratoria, ali pertinho do Copacabana Palace pra mim é quase um crime, rsrs. Típico ponto Italiano, muita gente conversando alto kkk. A comida pode tirar no uni duni tê pois tudo é divino, mas o spaguete com camarão ao molho fung é uma maravilha…Sempre me traz de volta!

  50. Oi Carla,

    Teria uma dica do que fazer em UM DIA apenas no RJ?

    Estarei em Búzios e Arraial e terei um dia inteiro lá. Se tiver algo na cabeça me avisa.

    • Ei Giuliana! Putz.. Tem 77 dicas só aqui nesse post, e mais umas 50 nos comentários hehehe.. O Rio tem muitas opções, e tudo depende se vc já esteve lá antes ou não.
      Lugares que amo de paixão: praia do Leblon, praia da joatinga, mureta da urca no pôr do sol, santa teresa. E tem ainda a nova zona portuária do Rio! 😀

  51. Acabei de voltar de férias do Rio mas só vi agora suas dicas. 😣
    Terei q voltar lá novamente para visitar todos esses lugares.
    Ótimas dicas minha querida! Amei! 😊

  52. Oi Carla!
    Post super completo, gostei! Para complementar, gostaria de deixar algumas dicas de quando fui ao Rio de Janeiro. Recomendo visitar o Boulevard Olímpico, lá tem Mural Todos Somos Um, o Museu do Amanhã e o AquaRio, que são sensacionais! Escrevi um post sobre a minha última visita. Coloquei até uma recomendação de hospedagem, uma pousada que fica nos pés do Cristo Redentor. http://partiuviajar.blog.br/o-que-fazer-no-rio-de-janeiro-roteiro-3-dias/

  53. Olá! Vou conhecer o Rio em agosto e já tomei nota de várias recomendações.
    Somos uruguaios e estamos ansiosos para conhecer a cidade maravilhosa! obrigado por compartilhar!

  54. Edinaldo Guimarães

    Vamos ao Rio dia 13/07/17. Gostamos muito das dicas, da forma que escreveu e sugerimos atualizar o post. Que tal dividir por bairro? Moramos em Fortaleza e apesar de ficarmos em Copa praia não é muito nossa busca no Rio, logo buscamos os passeios históricos- culturais. Nessa linha vale reservar um dia para Búzios, Angra ou Arraial do Cabo?

    • Oi, Edinaldo! Obrigada pela sugestão. Estava mesmo pensando em preparar um post assim, separado por bairros.
      Olha, se vocês buscam passeios históricos e culturais, por que nao vao a Paraty? Acho que seria mais na linha do que vocês estão buscando, e é um lugar lindo e próximo ao Rio. Tem várias dicas de lá aqui no blog.
      Beijos

  55. Oi Carla vamos agora em agosto 2017, obrigado pelas dicas, nós gostaríamos de conhecer os barracões (ensaios) das escolas de samba, me falaram que é tudo de bom! Você tem dicas para esse programa???
    Abraço Paulo Chagas
    Guaxupé/Mg Sul de Minas

    • Ei, Paulo! Em Agosto nao sei se ja começaram os ensaios. Sei que lá para Dezembro até chegar o carnaval tem ensaios todos os fins de semana em escolas de samba, e é muito legal!
      Para Agosto teria que ver no site das escolas de samba, não me lembro de ter ensaios tão cedo assim.
      Aproveitem o Rio!!!

  56. Perfeitas as dicas. Somente faltou comer no almoço o filé a Oswaldo Aranha do Cosmopolita, na Lapa. O lugar é de uma simplicidade enorme, mas serve uma comida maravilhosa. Imperdível!.

Leave A Reply