O que é e como funciona um overland tour na África?

8

Antes de planejar a minha viagem para a África, eu nunca havia ouvido falar nesse tal de overland tour, um estilo de viagem muito popular por lá e que atrai viajantes de todas as idades em busca de um pouco mais de aventura no continente africano. Foi quando uma amiga me chamou para viajar de caminhão e acampando com um overland tour! Sim, a minha cara foi essa aí mesmo de “Ooooi?!”.

Eu nunca tinha ouvido falar disso e fiquei logo curiosa. E aí me deparei com trocentas empresas oferecendo esse tour, preços bem variados e vários pré roteiros. Fiquei zonza…

Por isso resolvi começar a falar desse meu passeio na África explicando exatamente do que se trata um overland tour. Vou falar também da empresa que eu escolhi, vou dar dicas do que é preciso levar e no fim conto também quanto custa fazer esse tour. Bora lá!

O QUE É UM OVERLAND TOUR NA ÁFRICA

Esse é um tipo de viagem bastante comum no continente africano, e por isso essa expressão é muito popular lá. Mas muitas pessoas me escreveram durante minha trip perguntando o que era esse tal de overland tour, e por isso achei importante fazer uma introdução antes de começar a contar meu dia a dia nessa aventura.

Um overland tour é basicamente uma viagem por estrada que inclui os highlights dos países africanos. Há uma rota previamente planejada a ser seguida, e que levará a lugares onde, devido à pouca infra estrutura na estrada, pacotes turísticos comuns não conseguem chegar.

Geralmente os meios de transporte são estruturados para dar um excelente apoio aos viajantes, com lockers, mesas e cadeiras portáteis, utensílios de cozinha, freezer. Os mais populares são feitos em trucks, ou caminhões. Mas não são exatamente como os caminhões que vemos nas estradas aqui. São apenas veículos bem grandes que, vistos de fora, parecem um caminhão, mas que dentro têm assentos e infra para que viajemos com conforto.

overland-tour-4

Com relação à hospedagem, geralmente são oferecidos duas opções: acampar ou reservar acomodações. As paradas costumam ser feitas em lugares que oferecem as duas opções, tanto quartos como área de camping, então isso facilita que todo o grupo fique perto.

Os overland tours também costumam já oferecer o pacote completo de refeições. E a qualidade das mesmas dependerá da empresa com quem você viajar.

Os roteiros podem durar desde apenas 5 dias a até dois meses! Tudo depende da sua disponibilidade de tempo, grana e dos lugares que deseja visitar.

Há datas fechadas em que os overland tours acontecem, por isso vale consultar as agências que oferecem esses passeios para verificar as datas de saída e ver o que encaixa com a sua viagem.

Num overland tour, o principal não é o destino, mas a jornada para chegar até lá. Apesar de tudo ser muito bem estruturado e não haver “perrengues”, é preciso espírito aventureiro para encarar esse tipo de viagem, pois serão horas e horas na estrada, algumas vezes parando para preparar um rápido almoço embaixo de uma tímida árvore no meio do nada e zero ar condicionado no veículo – prepare-se pra muito vento na cara! Mas, ainda assim, acredite em mim, VALE A PENA!

overland tour

Eu indico o overland tour para viajantes que desejam explorar um ou mais países com um guia confiável e sem precisar se preocupar em alugar carro, fechar acomodação, pesquisar safáris. Com o overland tour eu visitei lugares remotos e que eu talvez não encontraria por conta própria. Essa foi, para mim, a grande vantagem: visitar lugares exóticos e com segurança.

COM QUAL AGÊNCIA FAZER UM OVERLAND TOUR NA ÁFRICA

Depois de pesquisar muuuuuito e ver na internet inúmeras empresas oferecendo diversos pacotes por preços dos mais variados possíveis, a gente fica meio perdido entre qual escolher. Eu peguei a indicação de amigos e optei pela empresa Nomad Adventure Tours. Ela é uma das mais baratas (se não for a mais!) e é super reconhecida por sua qualidade.

Escolher a empresa certa para fazer esse tipo de tour é crucial para garantir uma viagem tranquila. Por isso não aconselho a fechar com qualquer uma. Pesquise bem antes e pergunte indicação a amigos que já estiveram na África.

A Nomad Tours tem atendimento 24 horas, veículos personalizados para esse tipo de viagem e adaptados para dar conforto e segurança aos clientes, excelentes guias. Eles cobrem 14 países da África: África do Sul, Lesotho, Suazilândia, Namíbia, Botsuana, Zimbábue, Moçambique, Zambia, Malauí, Tanzânia, Quênia, Uganda, Etiópia e Madagascar.

No geral, eu recomendo 100% você fechar seu tour com a Nomad. Apesar de ser uma das mais baratas, ela não deixa nada a desejar em qualidade dos serviços. Pelo contrário, me surpreendeu como eles são organizados! Eu esperava passar perrengues, e na real a viagem foi super tranquila.

overland-tour-1

COMO FOI O MEU OVERLAND TOUR

Eu escolhi um tour de 8 dias com a Nomad, que começava em Joanesburgo, na África do Sul, e terminava em Victoria Falls, no Zimbábue. Cruzamos Botsuana de uma ponta à outra e dormimos apenas uma noite na Namíbia. Em breve vou publicar um post com todos os detalhes de como foi o nosso dia-a-dia.

Um dia típico num overland tour começa quando o sol está para nascer – a ideia é aproveitar ao máximo a luz do dia, já que à noite muitas vezes paramos em locais onde não há eletricidade. Eu optei por acampar, então todos os dias quando chegávamos a um novo destino, eu mesma montava  a minha barraca, e no dia seguinte a desmontava para seguir viagem.

overland-tour-5

As refeições eram preparadas pelo Beck, nosso cozinheiro que fazia milagres com os ingredientes. Em condições às vezes “críticas”, como quando estacionamos à beira da estrada e num calor daqueles para preparar o almoço, ele conseguia sempre oferecer comidas muito saborosas e de uma higiene admirável.

Uma paradinha pro almoço embaixo daquele sol num clima seco a mais de 40º...
Uma paradinha pro almoço embaixo daquele sol num clima seco a mais de 40º…

À noite, ao chegarmos em nossos acampamentos e depois de erguermos a nossa barraca, nos reuníamos para um papo à beira da fogueira, uma cervejinha ou um vinho, um jantar gostoso antes de dormir em meio à natureza e apenas com o som de animais selvagens no nosso entorno, como elefantes, hipopótamos, hienas.

No meu grupo havia espaço para até 24 pessoas viajarem no mesmo caminhão. Mas demos uma sorte imensa, pois éramos apenas 8! E com isso viajamos com muito mais conforto no caminhão – e com menos filas para tudo: banheiro, imigração, câmbio, comida.

O QUE LEVAR NUM OVERLAND TOUR

Bom, como essa á uma viagem bem diferente, você já deve imaginar que precisará se equipar bem. Lembre-se que você irá a lugares sem eletricidade, outros onde há malária, fará safáris, pequenas caminhadas, por vezes estará em regiões onde não há nada em volta, nem mesmo um simples mercadinho.

Você precisa levar:

  • mochilão ou malas maleáveis – a primeira recomendação é não viajar com malas de rodinha, porque elas podem não caber nos lockers do veículo
  • toalha de banho
  • saco de dormir
  • travesseiro
  • repelente
  • protetor solar
  • cadeado
  • doleira
  • remédios pessoais
  • lanterna
  • adaptador de tomada

Também indico levar:

  • lencinhos umedecidos
  • bepantol (ou qualquer hidratante potente para pele e boca)
  • chinelos pretos ou escuros (o meu era vermelho e voltou preto, de tanta poeira e terra seca pelo caminho)
  • baterias extras para câmera
  • carregadores portáteis para celular

O que eu levei e não usei (em especial porque viajei em Outubro, época de muito calor e seca – consulte a agência sobre o que levar na época em que você vai viajar):

  • roupa térmica
  • gorro
  • meia de lã
  • casaco

Ah! E tente levar uma mochila leve. A Nomad Tours pede que ninguém leve bagagens com mais de 20kg – e, vamos combinar, ninguém merece viajar levando uma mochila pesada demais. A minha pesava 12kg e depois vi que poderia ter sido ainda menor. Dica: você poderá lavar suas roupas ao longo da viagem.

E se esquecer de alguma coisa, não se preocupe. O tour tem diversas paradas em regiões comerciais, com mercados, farmácias, lojinhas. Sempre será tempo de comprar algo que você esqueceu. Ou sempre haverá alguém no tour que poderá te ajudar.

overland tour.

QUANTO CUSTA UM OVERLAND TOUR

Xiiiiii… O céu é o limite. Mas um overland tour mais em conta, como o da Nomad Tours, incluindo atividades básicas, acomodação, alimentação, guia e transporte fica em cerca de 100 dólares por dia.

O meu, que durou oito dias e fiz com a Nomad Tours saindo de Joanesburgo até Victorial Falls, custava 13940 ZAR, já com as atividades básicas incluídas.

Na Nomad Tours, por exemplo, há pacotes que vão desde 8.600 ZAR (como o tour de 4 dias pelo Kruger Park) até mais de 80.000 ZAR (como o tour de 58 dias chamado Best of Africa e que percorre nove países).

…No próximo post vou contar tudo que estava incluído em meu tour de 8 dias com a Nomad Tours saindo de Joanesburgo, cruzando Botsuana, dormindo uma noite na Namíbia e terminando em Victoria Falls.

Enquanto isso, leia mais sobre minha viagem pela África:

28 dias na África: roteiro África do Sul, Suazilândia, Botsuana, Namíbia, Zimbábue

Primeiro dia na África – perdi minha mochila com tudo dentro

Um fim de semana na Suazilândia – o menor país do Hemisfério Sul

Wilderness – o vilarejo da África do Sul onde eu poderia viver para sempre

Carla Boechat é jornalista, mestranda, curiosa que só, carioca da clara, inquieta e turista por vocação – e criação. Sempre com a mochila e um sorriso prontos, aposta que toda estrada pode esconder uma dica em potencial. E aqui é assim: se ela foi e gostou, virou post!

Discussion8 Comentários

  1. Pingback: 28 dias na África: roteiro África do Sul, Suazilândia, Botsuana, Namíbia, Zimbábue e Zâmbia | Fui, gostei, contei | por Carla Boechat

  2. Pingback: Meu overland tour de 8 dias na África – por África do Sul, Botsuana, Namíbia e Zimbábue | Fui, gostei, contei | por Carla Boechat

  3. Boa tarde,

    Meu nome é Sanaira, faço parte de um site de viagem, onde fazemos diversos artigos sobre novidades, dicas e tudo relacionado ao assunto.
    Gostaria de oferecer um texto inédito para ser publicado em seu site, você aceita guest post?

    Obs: O texto é guest post e não publieditorial, pedimos ao menos um link para nosso site, mesmo que seja na fonte do artigo.

    Aguardo seu retorno,
    Abraço.

  4. Claudia Samajauskas

    OI Carla, tô indo quinta-feira para cape town. Provavelmente, vou fazer um roteiro bem parecido com o seu (é que ainda não fechei nada, rs). Vc sabe se dá pra acompanhar sem levar a própria barraca? Eles alugam por lá? Esse valor de 100 doletas por dia é contando com a hospedagem (quarto ou barraca?).
    Obrigada pelas dicas!

    • Ei, Cláudia!
      Que máximo! Aproveite!
      Olha, no overland tour da Nomad eles mesmos oferecem as barracas, que são excelentes. Você não precisa levar.
      O valor inclui tudinho: a hospedagem em ótimas barracas, alimentação, transporte, guias, alguns passeios.
      Os extras que gastei foram com bebida (quis comprar cerveja e vinho), lembrancinhas, lanchinhos para levar na bolsa.
      Indico tentar reservar seu lugar nesses overland tours com alguma antecedência, pois muitos esgotam rápido. O da Nomad tours tem excelentes preços, e adorei a qualidade de tudo.
      Faça uma excelente viagem!
      Beijos

  5. Em que mês você foi? Tou querendo fazer em dezembro, mas fico receoso com o calor, já que lá nesse período também é verão.

Leave A Reply