Nós não conseguimos nem disfarçar o quanto somos apaixonados pelo Chile, não é mesmo? São tantas cidades cativantes e paisagens de tirar o fôlego que não basta uma ou outra viagem para explorar todas as belezas do país. Selecionamos 20 lugares imperdíveis no Chile que merecem ser conhecidos para você já se inspirar para as próximas aventuras!

Se quer conhecer Santiago, Deserto do Atacama ou Salar de Uyuni, nos escreva no contato@fuigosteitrips.com.br ! Temos atendimento em português e passeios escolhidos a dedo <3

Cajon del Maipo

Considerado um dos melhores passeios de Santiago, Cajón del Maipo é um espetáculo da natureza em meio a Cordilheira dos Andes. E a apenas 110km da capital! Entre os destaques da região estão Embalse el Yeso, uma represa a mais de 2.500m de altura com incríveis tons de turquesa, e Baños Colinas, um complexo de águas termais rodeado pelas montanhas.

San Pedro de Atacama

Base turística para explorar os principais atrativos do Deserto do Atacama, San Pedro é a porta de entrada para conhecer vulcões, salares, lagoas, cordilheiras de sal, gêiseres e formações rochosas singulares aqui no Chile. Se as paisagens insólitas não são o suficiente para te convencer, confira 10 motivos por que você PRECISA conhecer o Atacama.

Torres del Paine

Mais de 227 mil hectares de uma natureza bruta formam o Parque Nacional Torres del Paine, declarado Reserva da Biosfera pela UNESCO em 1978. Torres de granito rasgando o céu, glaciares monumentais banhados por rios com icebergs, lagos de um intenso azul, densas florestas de coigues e lengas servem de lar para mais de 100 espécies nativas. Para os amantes de aventura e trekkings, circuitos por todo o parque possibilitam um contato intenso com algumas das paisagens mais bonitas do nosso continente.

Cavernas de Mármore

Um dos segredos bem guardados da Carretera Austral, uma estrada cênica no coração da Patagônia, as cavernas e grutas de mármore são curiosas formações minerais encontradas no Lago General Carrera. Esculpidas ao longo de milhões de anos pela erosão da água, as rochas de calcário formam túneis, arcos e passagens estreitas por onde turistas podem navegar a bordo de barcos e caiaques. O ponto de partida para essas excursões é o pequeno povoado de Puerto Río Tranquilo.

Huilo Huilo

Bosques exuberantes, rios e cachoeiras fazem da reserva biológica de Huilo Huilo, em meio à selva patagônica, um perfeito destino de ecoturismo no Chile. Boa parte da fama do complexo vem de seus hotéis exóticos, entre os quais se destacam o curioso Montaña Mágica Lodge, em formato de vulcão, recoberto por vegetação e com uma queda d’água simulando a sua lava, e o Nothofagus, que parece uma extensão arquitetônica das árvores do seu entorno.

Deserto Florido

É difícil de acreditar, mas o deserto mais árido do mundo floresce! É um fenômeno causado por alterações no regime de chuvas no Atacama, algo intensificado nos últimos anos pelo El Niño. Porém, ao contrário do que muitos turistas pensam, não é possível presenciar o Deserto Florido a partir de San Pedro de Atacama, o principal pólo turístico do deserto. É necessário ir até os arredores de Copiapó, a mais de 800km ao sul.

Bahía Inglesa

Quem for até a região em busca das flores do deserto, não pode deixar de estender a visita até Bahía Inglesa, um pequeno vilarejo que mais parece saído do Mediterrâneo. Praias de areia branca e águas turquesas transparentes tornam este o balneário mais bonito do Chile, localizado próximo à cidade portuária de Caldera.

Valparaíso

Grafites coloridos e intervenções artísticas entre as ladeiras e ruas dos morros de Valparaíso garantem cliques dignos de muitos likes no instagram. A cidade a 120km de Santiago tem uma imponente arquitetura, lembrança dos tempos áureos como um dos principais portos da América do Sul. Hoje, jovens universitários e milhares de turistas desfrutam da efervescência cultural e da boemia de uma das mais charmosas cidades chilenas.

Algarrobo

Também no litoral, a cerca de 105km da capital, Algarrobo entrou para o radar do turismo quando foi inaugurado o complexo imobiliário San Alfonso del Mar com a sua gigantesca piscina, considerada a maior do mundo. São mais de 250 milhões de litros d’água e 80 mil metros quadrados, o equivalente a 20 piscinas olímpicas!

Isla Negra

Cerca de 12km ao sul de Algarrobo, se encontra Isla Negra, cidadezinha litorânea onde o poeta Pablo Neruda tinha uma de suas três casas, hoje transformada em museu.

Ilha de Páscoa

Isolada a 3780km de Santiago, a Ilha de Páscoa (ou Rapa Nui, no idioma nativo) é um destino fascinante por suas raízes essencialmente polinésias, origem da sua cultura única e exótica. Entre as paisagens surpreendentes, avistam-se vulcões e praias desertas. Descoberta em 1722 por holandeses, a ilha no meio do Oceano Pacífico tem como capital e única cidade Hanga Roa, onde vivem apenas 5 mil pessoas.

Valle Nevado

Um dos principais destinos de inverno da América do Sul, Valle Nevado é um enorme complexo com mais de 900 hectares de área esquiável, dividida em 39 pistas com diferentes níveis de dificuldade. Situado a apenas 65km de Santiago, é o lugar perfeito para descobrir a imensidão dos Andes e para entrar em contato com a neve, seja através da prática de esportes de aventura ou da simples contemplação do cenário entre montanhas. Inúmeros hotéis e restaurantes garantem o entretenimento no resort, que tem piscina aquecida, spa, lojas para aluguel e venda de produtos para neve, área infantil e até cinema.

Iquique

Rodeada pelo Cerro Dragón, a maior duna urbana do mundo, com 350m, Iquique é um destino ideal para quem gosta de aventura, praia e compras. Enquanto seu litoral atrai surfistas e praticantes de esportes náuticos, as condições ideais de vento lançam centenas de parapentes e asas-delta aos ares. O centro histórico, repleto de construções do começo do século 20, garante a dose cultural e a zona franca, a maior da América do Sul, é promessa de diversão para quem quer cansar o cartão de crédito.

Pucón

Rodeada por lagos e vulcões, Pucón oferece paisagens encantadoras e uma série de atividades para entreter seus visitantes. A aventura mais cobiçada é subir ao topo do Villarrica, considerado um dos vulcões mais ativos do continente, mas também é possível fazer rafting em corredeiras, rapel em cachoeiras e caminhadas em belíssimos parques nacionais. Depois de tanta adrenalina, é possível relaxar em praias de lagos vulcânicos ou em piscinas de águas termais, como a famosa Termas Geométricas.

Pichilemu

As praias de La Puntilla, Infiernillo e Punta de Lobos, em Pichilemu, são ponto de encontro para centenas de surfistas chilenos e estrangeiros. Afinal, o litoral entrecortado por rochas e de areia escura é considerada a capital chilena do surf e recebe importantes competições. Mas antes é necessário garantir as roupas de borracha — a temperatura do Pacífico em nada ajuda a permanecer muito tempo nessas gélidas águas.

Chiloé

Um destino rústico, onde as únicas extravagâncias ficam por conta da fauna e da natureza, o arquipélago de Chiloé é composto por mais de trinta ilhas. A maior e principal delas, Isla Grande, reúne as duas cidades principais, Ancud e Castro, e vários vilarejos. Um dos seus símbolos arquitetônicos são as palafitas, passarelas e construções sustentadas por colunas de madeira, em total sintonia com a atmosfera pesquisa da região. Aliás, esse é um dos melhores lugares para experimentar o melhor dos peixes e mariscos chilenos — o curanto, especialidade local, é um dos pratos mais singulares da gastronomia chilena.

Valle del Maipo

Brasileiros com certeza conhecem essa região, pelo menos a partir do rótulo de vinhos muito apreciados no nosso país. Situado nos arredores de Santiago, às margens do rio de mesmo nome, o Valle del Maipo é a principal zona viticultora do Chile. Concha y Toro, Santa Rita e Undurraga são algumas das vinícolas que abrem suas portas para os turistas, convidando a passear pelas parreiras, perambular entre tonéis de carvalho e degustar vinhos tintos e brancos enquanto se aprende sobre as propriedades de cada rótulo.

Puerto Varas

Às margens do Lago Llanquihue, Puerto Varas é o destino ideal para conhecer os Lagos Andinos, um cenário no qual vulcões nevados contrastam com o brilho das águas lacustres aos pés dos Andes. A cidade, caracterizada pelas construções típicas da colonização alemã, é ponto de partida para explorar o Parque Nacional Vicente Pérez Rosales, que se destaca pela imagem dos Saltos de Petrohué com o vulcão Osorno ao fundo. Nos arredores, povoados como Frutillar com seu icônico píer e Puerto Octay com seus campos de tulipa complementam o charme de região.

Punta Arenas

Cidade mais austral do Chile, Punta Arenas está localizada bem em frente ao Estreito de Magalhães, a maior passagem natural entre os oceanos Atlântico e Pacífico. É a principal base para os turistas que querem ingressar na Terra do Fogo, o arquipélago no extremo sul do nosso continente, e também o ponto de partida para excursões para a Antártica. No verão, centenas de pinguins na Ilha Magdalena compõem uma cena inigualável.

Valle del Elqui

Ainda desconhecido pelos turistas brasileiros, o Valle del Elqui é uma área repleta de pequenos povoados situados entre imponentes paredões rochosos. O verde do vale contrasta com a aridez das montanhas à sua volta, proporcionando imagens que parecem verdadeiros oásis. A região desperta o interesse de turistas por seus misticismos, que vão desde a concentração energética até o elevado números de objetos voadores não identificados avistados por ali. Para completar, o vale é um local de produção artesanal de pisco e vinhos e um dos melhores pontos de observação astronômica do país.

E aí, qual desses lugares você já conhece? Quais gostaria de conhecer?

Veja aqui as melhores dicas e ofertas de hospedagem no Chile!

Deixe uma Resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui