Já que mais uma temporada de neve está começando no Chile, venho contar para vocês sobre um lugar que ainda é um segredo muito bem guardado entre os brasileiros que amam o Inverno chileno: Valle Las Trancas, que está a 400km da capital Santiago. Visitei esse pequeno povoado pela primeira vez em 2011 e voltei em 2018. E te digo que é meu lugar preferido no Chile para curtir a neve – opinião de uma pessoa que morou três anos nesse país, hein!

Com um climinha de vila européia, Las Trancas tem ainda diversas termas naturais. Mergulhar em piscinas de água quentinha em meio à neve é um sonho! E não tão difícil de realizar, viu? O povoado fica nos pés da Cordillera dos Andes e é refúgio de uma maravilhosa vegetação, florestas de robles, lengas e coigües, montanhas rochosas, quedas de água. Sem falar no vulcão Chillán, uma das cumes mais maravilhosas do setor.

Se você ficou curioso, aqui deixo todas as dicas para visitar Valle Las Trancas nas suas próximas férias de Inverno no Chile. Se ficar qualquer dúvida, só mandar na caixa de comentários no final desse artigo e vou ter o maior prazer em ajudar.

Planejando férias de Inverno no Chile? Leia esse artigo super completo com dicas do que trazer na mala e como se vestir para o frio

Onde fica Las Trancas no Chile

Como o Valle Las Trancas é bem pouco conhecido, tenha a cidade de Chillán como referência. Chillán fica 400km ao sul da capital chilena, Santiago. E é o lugar com maior infraestrutura perto de Las Trancas, já que tem supermercados, aeroporto, locadoras de carros, shopping center.

Como chegar a Chillán

Geralmente os turistas que viajam a Chillán estão partindo desde Santiago. Deixo aqui três sugestões de locomoção desde a capital.

Alugar carro em Santiago

Em Santiago há muito mais opções de locadoras de automóveis que em Chillán, e com isso você certamente encontrará melhores preços. Sugiro dar uma olhadinha na Econorent (geralmente quem oferece melhor preço no Chile, mas com página somente em espanhol), na Sixt, na Avis e na Budget.

Alugue seu carro com antecedência! Sugiro pelo menos duas semanas em datas normais. Se for feriado ou alta temporada o ideal é alugar pelo menos um mês antes para conseguir bom preço no modelo de carro que você quer. Se atente à recomendação mais abaixo do tipo de carro a alugar em caso de neve.

De ônibus de Santiago a Chillán

Três são as principais companhias de ônibus que conectam Santiago a Chillán: Turbus, Andesmar e Condorbus. A viagem dura cerca de cinco horas e os ônibus no Chile são bastante confortáveis. Você pode ver todas as opções e horários pelo site da Rome2rio.

De trem de Santiago a Chillán

Você sabia que existe uma linha ferroviária no Chile que transporta passageiros? Se você é um amante de viagens de trem, como eu, certamente essa também será sua opção. Geralmente há duas saídas diárias de Santiago em direção a Chillán, a viagem dura pouco mais de quatro horas e você pode consultar os detalhes direto pelo site da Trencentral.

Como chegar a Las Trancas

Desde Chillán deve-se pegar a Rota N-55 para chegar a Las Trancas em uma viagem que pode levar mais de 1h30 para vencer os 70km de distância. O ideal é fazer esse trajeto de carro – se você precisar alugar um, aproveite sua passagem por Chillán para isso (foi o que fiz na minha última viagem para Las Trancas). Recomendo reservar com antecedência para encontrar bom preço e disponibilidade do modelo de carro que você quer. Deixo duas opções de aluguel de carro em Chillán: Rental Cars, intermediadora que tem página em português, e Ecarent.

Para não ter dificuldade em encontrar esse pequeno vilarejo no Google Maps, escreva o nome completo do lugar. Busque por Valle Las Trancas (geralmente é a primeira opção que o site de buscas sugere). Se não der certo acrescente a palavra Pinto, que é a região onde está o vale.

E a neve?

Se você viajar no Inverno ou se houver previsão de neve para o período da sua viagem é melhor alugar um carro mais alto, como uma camionete, e que tenha 4×4  tração total nas 4 rodas. Falo isso por experiência própria, pois optei por alugar um carro mais econômico que, somado à inexperiência para dirigir na neve, nos deixou muito inseguros na direção.

Outro detalhe importante para neve é a necessidade de dirigir com corrente nos pneus para evitar que o carro derrape. Você pode alugar a corrente direto na locadora de automóveis ou na chegada a Las Trancas, que é geralmente onde a neve começa. Tenha em mente que o aluguel das correntes é caro e pode custar o mesmo que a diária do carro, mas que é algo imprescindível e obrigatório.

Sem carro em Las Trancas

Estar de carro é o ideal em Las Trancas para ir às termas, para subir até a estação de esqui, para qualquer outra locomoção necessária, já que com muita neve é difícil se locomover a pé, por exemplo. No entanto, se você não quiser ou puder estar de carro, pode ir de ônibus desde Chillán e em Las Trancas se locomover de ônibus ou pedindo carona (é extremamente comum ver pessoas pedindo carona para subir até a estação de esqui, por exemplo).

Mas saiba que, caso tenha caído ou esteja caindo muita neve, sua viagem será bem limitada sem carro.

A melhor época para visitar Las Trancas

As duas vezes em que estive em Las Trancas foi durante o Inverno. No entanto esse é um destino que pode ser visitado o ano todo. Claro que no Inverno a principal atração é a neve (que nós, brasileiros, simplesmente amamos!). É a época perfeita para viver cenas de filme com as cabanas de madeira do vilarejo todas cobertas de neve branquinha.

Porém Las Trancas também é conhecida como excelente destino de Verão, em especial para quem gosta de esportes como montanhismo ou mountainbike. Meias estações também são uma boa opção, embora as semanas anteriores e posteriores ao Inverno sejam bastante frias.

Quer ver outros destinos de neve no Chile? Nesse artigo comparei as estações de esqui próximas a Santiago e te ajudo a ver qual combina mais com seu estilo de viagem

O que fazer em Las Trancas

Como deu para perceber, existem diferentes opções de passeio a depender da época do ano em que se visita o Valle Las Trancas. Por isso aqui separarei entre Inverno e Outras épocas do ano.

Inverno em Las Trancas

  • Esquiar em Nevados de Chillán: o resort conta no total com 32 pistas, sendo uma delas a mais longa da América do Sul, com 13 km de extensão (se chama Tres Marias);
  • Aproveitar as inúmeras piscinas de águas termais: são muitas, sendo as mais conhecidas Termas de Chillan e Parque de Aguas Termales;
  • Relaxar nas “tinas calientes”, que são como ofurôs de madeira a céu aberto com água quentinha para relaxar em meio ao frio gélido do Inverno de Las Trancas (os principais hotéis e pousadas do lugarejo oferecem esse mimo).

Aliás, aqui no blog tem um post com as 10 piscinas naturais de águas termais mais lindas do Chile, e as Termas de Chillán estão entre elas!

Demais épocas do ano em Las Trancas

  • Cueva de los Pincheira: uma enorme caverna conhecida por ter sido o esconderijo dos irmãos Pincheira, uma gangue que chegou a contar com mais de mil guerrilheiros;
  • Ecoparque Shangrilá: parque que conta com algumas atividades de aventura, como por exemplo canopy, tirolesa, caminhadas, entre outros.
  • Salto del Renegado: uma majestosa cachoeira;
  • Rio Diguillín: rio com água de cor esmeralda;
  • Reserva Nacional Nuble: onde se pode fazer caminhada pelas margens do Rio Relbún;
  • Vale de Águas Quentes: onde se pode apreciar uma cadeia de vulcões e relaxar nas águas termais;
  • Laguna del Huemul: onde é possível fazer um trekking de um dia até o cume ou até mesmo pernoitar acampando;
  • Tour Astronômico: já que a região é afastada de grandes centros e propicia excelente visibilidade do céu.

Onde ficar em Las Trancas

O lugarejo é bem pequenininho. Mas eu diria que o melhor local para se hospedar vai variar de acordo com o objetivo da sua viagem. Se sua intenção principal é esquiar todos os dias, o ideal é buscar acomodações o mais próximo possível do complexo Nevados de Chillán, assim você evita ter que fazer o trajeto montanha acima diariamente numa estrada que provavelmente estará cheia de neve.

Já se seu objetivo é conhecer a região e talvez esquiar um dia ou outro, o ideal é se hospedar mais no “miolo” de Las Trancas. Eu pesquisei várias opções de hospedagem na minha última visita a Las Trancas e cheguei a conhecer algumas pessoalmente. É muito comum alugar cabanas inteiras, dessas de madeira e bem charmosas, equipadas com cozinha. Mas também há boas opções de hotéis e pousadas.

Hospedagens no centrinho de Las Trancas

  • Duub: hostel com vibe animadinha e boa opção para quem está viajando sozinho e quer se enturmar
  • Hotel & Hostal Chil´in: além de quartos para casais, conta também com quartos compartilhados e com bons preços. Têm ainda um restaurante, o que é ótimo em dias de muita neve onde é difícil se locomover pela cidade
  • Cabanas y Lodge Los Hualles: bastante concorrida, oferece tanto chalés como quartos para casais e tem uma piscina excelente ao ar livre. Além disso, conta com restaurante.
  • Refúgio Ecobox Andino: em estilo hotel, aluga quartos para duas pessoas, inclui o café da manhã e conta com uma ótima piscina.
  • Cabañas Piedrapiramide: onde me hospedei da última vez que visitei o vilarejo. Não está tão no centrinho, mas tem ótima relação custo x benefício.

Hospedagens próximas ao complexo de esqui

  • Departamentos Andes Chillan: apartamento com dois quartos aos pés da montanha, é boa opção para quem está em grupos de até 5 pessoas.
  • Departamento Termas de Chillan: um pouco maior, conta com três quartos e acomoda até 6 pessoas.
  • Hotel Termas de Chillan: se o seu bolso permitir, o único 5 estrelas de Las Trancas é excelente opção para curtir uns dias de tranquilidade na montanha. Tem acesso direto às pistas de esqui e spa. Mas o destaque fica para a piscina aquecida, onde parte dela é a céu aberto.

Eu contei aqui no blog como é se hospedar em um dos hotéis de Valle Nevado

Onde comer em Las Trancas

  • Bistrô Las Cabras: tem como especialidade a culinária italiana e é ótima pedida para uma noite romântica. O atendimento dos donos, Juan e Daniela, deixa tudo ainda mais especial.
  • Chil´in Pizzeria: cardápio variado que vai desde carnes e peixes a massas e pizza na pedra.
  • La Comarca: ótima parada para comer um docinho. Têm opções integrais e veganas
  • Malcontenta Panadería: pães e pizzas de fermentação natural – dizem que são os melhores do vilarejo.
  • Cafeteria Los Hualles: excelente para um lanche rápido. O destaque fica por conta do chocolate quente, dos waffles e das pizzas.
  • Oliva´s Restaurant: com uma pegada mais de bar, oferece boas saladas, massas e hambúrgueres.
  • Fogon Zen: com apenas três mesas, o forte é a culinária japonesa.

Onde alugar equipamento de esqui em Las Trancas

No Inverno você não terá dificuldade em encontrar locais para aluguel de roupa de Inverno e equipamentos de esqui em Las Trancas. No entanto, fique atento. Se você for de carro saindo de Chillán, por exemplo, vai ver pelo caminho muitas placas oferecendo esse tipo de aluguel por preços certamente mais baixos que no vilarejo.

Como marinheira de primeira viagem, eu parei em uma delas, negociei bastante o preço e fechei o aluguel. Até saiu barato, mas a qualidade dos equipamentos era péssima (muito ruim MESMO). Portanto eu não recomendo alugar por ali, a menos que você tenha uma recomendação mais confiável de algum conhecido.

Em Las Trancas há pelo menos umas 6 lojas de aluguel de equipamentos de esqui, sendo que as mais populares delas estão no complexo turístico Rucahue, no complexo Entre-Rocas e no conhecido El Francés, uma bela loja estilo europeu com uma variedade muito boa de equipamentos tanto para aluguel, quanto para venda.

E se você vai passar por Santiago, não deixe de ler esse guia de compras no Chile

Deixe uma Resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui